Revista Master – 16ª edição: Grão-mestre Rogério da Costa expande trabalho em outros países

Da Redação | Crédito: Revista Master

O poeta Fernando Pessoa, um dos maiores nomes da Literatura Portuguesa, eternizou em seus versos que “quem quer passar além do Bojador, tem que passar além da dor”, ou seja, precisa enfrentar muitos obstáculos até chegar ao tão almejado objetivo.

O trecho deste poema se enquadra muito bem na trajetória percorrida pelo grão-mestre em Taekwondo, Rogério da Costa. Assim como Pessoa, ele também nasceu em Lisboa, capital de Portugal, e já aos cinco anos, iniciou o caminho nas artes marciais, incentivado pela mãe. No primeiro momento, teve aulas na Academia do Judô Clube de Portugal, onde treinou Karate e Judô.

Mais tarde, ao ingressar no colégio da Casa Pia, enveredou para o Aikido, do qual permaneceu até 1974. Nessa época, conheceu o Taekwondo através de uma demonstração realizada pelo grão-mestre Chung Sun Yong, pioneiro da modalidade em seu país.

Logo, iniciou as aulas em setembro desse mesmo ano, praticando por pouco tempo, porém, com a fundação da Academia Mestre Chung, em Lisboa, recomeçou, e desde então, não parou mais. Paralelamente, treinou Kickboxing e Full Contact, e na sequência, Hapkido.

Leia a matéria completa na nova edição da Revista Master (CLIQUE AQUI):