Master 17: Brasil alcança melhor resultado no Pan-Americano de Parataekwondo

Da Redação | Crédito: Revista Master

Com sete medalhas: duas de ouro, duas de prata e três de bronze, a seleção brasileira de Parataekwondo conquistou a melhor marca na história do Pan-Americano da classe.

Sob o comando do técnico Alan Nascimento, o país foi representado por oito atletas, dos quais três já estavam classificados para os Jogos Paralímpicos de Tóquio: Nathan Torquato (-61 kg de São Paulo), Débora Menezes (+58 kg de São Paulo) e Silvana Fernandes (-58 kg da Paraíba), assim como os seus respectivos reservas: Fabrício Marques (- 61 kg do Rio de Janeiro), Cristhiane Neves (-58 kg do Rio Grande do Norte) e Leylianne Santos (+ 58 kg do Amapá).

No geral, o Brasil obteve aproveitamento de 87,5%. As medalhas de ouro foram fruto do empenho de Nathan Torquato e Silvana Fernandes, as pratas vieram com Débora Menezes e Cristhiane Neves, e os bronzes tiveram a dedicação de Fabricio Marques, Leylianne Santos e Ana Carolina Moura.

Leia mais na Revista Master – 17ª edição (versão impressa)

E em breve, nas principais plataformas digitais: Amazon, Google Play e Kobo.