Revista Master – 15 edição: Arte marcial e Massoterapia, uma fusão que deu muito certo

Por José Augusto Maciel Torres | Crédito: Divulgação

Quando falamos em contribuições do Oriente para a nossa cultura ocidental, não podemos deixar de mencionar a China e a Índia, dois grandes polos literários, filosóficos e terapêuticos.

Nesse último campo, por exemplo, o Nei-Chin, que surgiu em 2630 a.C., é uma das mais importantes e antigas obras da Medicina Tradicional Chinesa. Já a Índia foi o lugar onde Os Vedas (2500/2000 a.C.) influenciaram no surgimento da Medicina Ayurvédica, conhecida como Medicina Tradicional Indiana.

 É interessante lembrar que no Ocidente, devido à divisão entre corpo e mente, disseminada pelo filósofo René Descartes, pai da Filosofia Moderna, a questão do toque sempre foi vista como algo secundário no contexto terapêutico. Em contrapartida, o Oriente nunca deixou de valorizar a abordagem integral do ser humano (mente, corpo e espírito em harmonia). Por conta disso, podemos constatar que existe uma grande diferença entre a abordagem da Massoterapia no Oriente e no Ocidente.

Leia o artigo completo na Revista Master – 15ª edição.

Adquira o seu exemplar em nossa loja virtual, um ambiente rápido e seguro (CLIQUE AQUI)