Sorteio das chaves define caminho dos judocas brasileiros em Tóquio

Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: Divulgação

Agora, sim, podemos dizer que começou a competição de Judô nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nesta quinta-feira, 22, foi feito o sorteio das chaves das 14 categorias em disputa e os brasileiros conheceram seus primeiros adversários na busca pelo sonhado pódio olímpico. 

Leia o GUIA DO JUDO – TÓQUIO 2020 

Em razão dos protocolos anti-Covid, a cerimônia conduzida pela Federação Internacional de Judô foi totalmente remota e transmitida ao vivo pela internet. Não houve a tradicional presença dos treinadores e chefes de equipe.

Sistema de disputa e horários

Para chegar ao bloco final de disputas – repescagem, semifinal, bronze e final – os atletas precisam avançar, no mínimo, até as quartas-de-final. Os vencedores avançam às semifinais e os perdedores caem para a repescagem pelo bronze. Passando pela repescagem, o atleta se classifica para lutar por um dos bronzes da categoria (são dois, em todos os pesos). E aquele que cair na semifinal, vai direto para a disputa de bronze com o vencedor da repescagem. 

A competição começa às 23h do dia 23 para o dia 24, no horário do Brasil, com os pesos Ligeiros. O bloco final será a partir das 5h da manhã do dia 24 no Brasil. A programação segue a mesma com uma categoria de peso (masculina e feminina) por dia. 

Veja os primeiros confrontos dos brasileiros na disputa individual:  

48kg – Gabriela Chibana x Harriet Bonface (Malawi)

52kg – Larissa Pimenta x Agata Perenc (Polônia) 

63kg – Ketleyn Quadros x Cergia David (Honduras)

70kg – Maria Portela x Nigara Shaheen (Time de Refugiados)

78kg – Mayra Aguiar (Bye) – Espera vencedora de Munkhtsetseg Otgon (Mongólia) x Inbal Lanir (Israel)

+78kg – Maria Suelen Altheman (Bye) – Espera vencedora de Anamari Velensek (Eslovênia) x Nina Cutro-Kelly (EUA)

60kg – Eric Takabatake x Soukphaxay Sithisane (Laos)

66kg – Daniel Cargnin x Mohamed Abdelmawgoud (Egito)

73kg – Eduardo Barbosa x Guillaume Chaine (França)

81kg – Eduardo Yudy x Sagi Muki (Israel)

90kg – Rafael Macedo x Islam Bozbayev (Cazaquistão)

100kg – Rafael Buzacarini x Toma Nikiforov (Bélgica)

+100kg – Rafael Silva Baby (Bye) – Espera o vencedor de Ushangi Kokauri (Azerbaijão) x Mathias Sarnacki (Polônia) 

Sorteio da competição por equipes: 
Cabeça de chave número 3 – atrás de Japão e França – o Brasil saiu de bye na primeira rodada e estreará contra o vencedor de Holanda x Uzbequistão.