Rogério Paranhos Magalhães

O sifu de Wing Chun, nascido em Salvador, na Bahia, teve influência direta do pai, Artur Magalhães, e de filmes de luta. Em 1993, aos 17 anos, decidiu enveredar para o mundo das artes marciais.
No primeiro momento treinou Kuntae-Do com José Januária, aluno do grão-mestre Joca Soares, o criador desse estilo. Na sequência, praticou Wing Chun Kuen com o GM Ramilton Santos. Contou ainda com o mestre (coaching) Reinaldo Alves, que lhe ajudou a realizar alguns projetos.
No decorrer da caminhada, conquistou bons amigos, espelhou-se em vários atletas, absorveu conhecimentos nas pesquisas sobre o lendário Bruce Lee, foi convidado para ser diretor de Wushu Tradicional pela FBWS e vice-presidente da Associação Siu Lung de Artes Marciais Chinesas da Bahia.
Junto com o Sifu Mário Santana, desenvolve um projeto em um centro social de seu bairro. Porém, a meta principal é fundar um Mokwoon, divulgar e melhorar o cenário do Wushu na Bahia.
O sifu Rogério segue os métodos de Bruce Lee e utiliza um mix de estilos de artes marciais, compilando-os e adaptando-os ao Wing Chun, para que seus alunos sejam cada vez mais completos.
Devido ao Wushu não ter tanto apoio em relação a outras vertentes, como Karate, Judô e Taekwondo, seu objetivo é que ele volte a ter destaque na Bahia.