Por Girliani Martins | Crédito: Arquivo Pessoal- Guilherme Félix

 

O capixaba com o maior número de medalhas no Taekwondo, Guilherme Félix, está empenhado em levar as cores da bandeira de seu estado para as Olimpíadas Rio 2016.

O campeão pan-americano e detentor de nove medalhas internacionais, sabe que o caminho não será nada fácil. Para ser titular, terá de derrotar os compatriotas André Bilia e Maicon Siqueira na categoria +80kg.

Nesta entrevista concedida à Master, o peso pesado conta que a torcida do Espírito Santo fará toda a diferença na caminhada para os primeiros Jogos Olímpicos no Brasil.

MASTER: Você é um dos favoritos a vaga olímpica. Como essa torcida te impulsiona?

GUILHERME FÉLIX: Não acredito que tenha um favorito nessa etapa em virtude da fase em que chegamos. Entretanto, acredito que a torcida que tenho vai me impulsionar e minha vontade de ganhar também será outro trunfo.

MASTER: O Taekwondo brasileiro só tem uma medalha nas Olimpíadas. Sente pressão para melhorar esse resultado?

GUILHERME FÉLIX: Creio que queremos que o Brasil tenha um resultado histórico nessas Olimpíadas, ainda mais em nossa modalidade. Quando você quer muito, o que seria pressão se torna uma força para chegar mais longe. Tudo depende de como encara.

MASTER: Como é estar mais próximo de disputar uma Olimpíada?

GUILHERME FÉLIX: É estar próximo de um grande objetivo que foi traçado há anos e que acredito que posso conseguir.