Por Girliani Martins | Crédito: Fábio Bueno

 

A 9ª edição da Copa América de Taekwondo foi grandiosa, atraindo de 11 a 14 de fevereiro, no ginásio da Instituição Religiosa Perfect Liberty, na cidade de Arujá, 27 estados brasileiros e seis delegações internacionais, como Estados Unidos, Chile, Argentina, Paraguai, Peru e Coreia do Sul.

A Copa América é um dos eventos mais concorridos, pois reúne algumas das melhores escolas mundiais em uma espécie de intercâmbio técnico.

Realizada pela Liga Nacional de Taekwondo (LNT), com o apoio da Federação Paulista de Taekwondo (FPT), Instituto Cho, World Taekwondo Aliance (WTA) e do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Esporte Lazer e Juventude, recebeu mais de 400 atletas e personalidades ilustres, incluindo o precursor da modalidade no Brasil, Sang Min Cho,  os grandes mestres Yeo Jun Kim e Luiz Kobayashi, representantes da Associação Coreana Yeo Jin Kim e de outros estados.

Em seis áreas, os participantes mostraram habilidades em kyorugui (combates – individuais e duplas) e poomse (formas), em diversas categorias e graduações, nos naipes masculino e feminino. Além dessas disputas, houve também o Curso de Defesa Pessoal (YongMuDo) e o tradicional concurso Miss Taekwondo, levando o público ao delírio.

O atual presidente da LNT, Nilton dos Santos, destacou que a 9ª edição manteve o mesmo padrão e melhorou outros aspectos, como a efetiva participação de outros países. “Agora como líder da LNT, não vou abrir mão de dar continuidade ao trabalho de suporte aos estados e atletas, e organizar mais campeonatos e seminários. Em 2017, melhoraremos o nível organizacional da Copa América”, planeja.

Veja mais fotos exclusivas no Facebook da Master: (clique aqui)