Rafaela Silva e Jéssica Pereira se enfrentam, neste domingo, em seletiva para o Brasileiro Sênior

Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: CBJ

As judocas Rafaela Silva e Jéssica Pereira se enfrentarão neste domingo, 24, às 9h (Brasília), no CEFAN (RJ), em seletiva única realizada pela Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro (FJERJ) para definir a representante do Rio na categoria Leve (57kg) no Campeonato Brasileiro Sênior de Judô, que acontecerá em novembro. O duelo marcará o retorno oficial da campeã olímpica após cumprir dois anos de suspensão por doping.  

“O momento que mais esperava finalmente chegou. Estou muito feliz de poder voltar a competir. Estou super ansiosa e animada, com a mesma sensação de quando cheguei à seleção e fui para minha primeira competição importante”, disse Rafaela. “Consegui treinar bem, estou me sentindo bem para voltar às competições. Não treinei por muito tempo, mas foram trabalhos super eficientes, focados nas minhas necessidades para voltar aos torneios”, completou a atleta do Flamengo.  

Rafaela Silva e Jéssica Pereira.

Jéssica, por outro lado, disputou, na última semana, o Grand Slam de Paris, na França, onde caiu na primeira luta para a alemã Caroline Fritze. A judoca do Instituto Reação competiu até 2018 na categoria meio-leve (52kg). Em 2020, subiu para o peso Leve e tentou a classificação para Tóquio na nova categoria, mas não teve sucesso. O plano, agora, é buscar a vaga para Paris 2024. Para isso, quer vencer a seletiva estadual para usar o Brasileiro como preparação para a seletiva olímpica, além de medir força contra uma das principais rivais da sua categoria.  

“O Brasileiro contará com as principais atletas de cada estado É uma excelente oportunidade de saber como estou na categoria visando a seletiva olímpica no final do ano. Estou me sentindo preparada e treinando muito para sair vitoriosa”, resumiu Jéssica.  

Formato de disputa 

O confronto entre as duas atletas será definido no formato “melhor de três lutas”, com intervalos de dez minutos entre cada combate. Quem vencer, se juntará aos outros treze nomes já definidos pelo Rio em seleção que mistura grandes promessas, como as medalhistas no Mundial Sub-21, Rafaela Batista (48KG) e Luana de Carvalho (70KG), e figuras que já frequentam a seleção há algum tempo como, Gustavo Assis (90KG), Yasmim Lima (52KG) e Tamires Crude (63KG).