Com mais cinco pódios, Judô brasileiro fecha Mundial Militar com 11 medalhas individuais

Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: CBJ

O judô brasileiro fez bonito no Campeonato Mundial Militar da modalidade, fechando as disputas individuais com 11 medalhas, sendo três de ouro, quatro de prata e quatro de bronze. Depois dos seis pódios do sábado, a seleção arrematou mais cinco medalhas no domingo. Guilherme Schimidt (81kg) foi campeão, Rafael Macedo (90kg), David Moura (+100kg) e Beatriz Souza (+78KG) foram prata, enquanto Ellen Santana (70kg) conquistou a medalha de bronze.

 

Agora, os atletas terão a segunda-feira, 01, de descanso e retornam ao tatame na terça-feira, 02, para a competição por equipes, que no militar, ainda não são mistas. Portanto, mais duas medalhas estarão em jogo no último dia do evento. A competição acontece na cidade de Brétigny-Sur-Orge, nos arredores de Paris, na França.  

A seleção militar é formada, majoritariamente, por judocas que também fazem parte da seleção principal civil. Por meio do Programa de Atletas de Alto Rendimento, as Forças Armadas integram atletas de elite que recebem suporte e soldo em troca de representar o Brasil em competições militares, como os Mundiais e os Jogos Militares. 

Confira abaixo o resultado final do Brasil no Campeonato Mundial Militar de Judô – 2021

OURO 

Willian Lima 66kg
Guilherme Schimidt 81kg

Rafaela Silva 57kg

PRATA

Rafael Macedo 90kg

David Moura +100kg

Jéssica Lima 57kg

Beatriz Souza +78kg

BRONZE

David Lima 73kg

Amanda Lima 48kg

Aléxia Castilhos 63kg

Ellen Santana 70kg