Com estreia de Mayra Aguiar, seleção brasileira de Judô disputa Grand Slam de Dusseldorf a partir de sexta-feira

Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: Gabriela Sabau/IJF

O carnaval do Judô brasileiro no ano olímpico será no tatame. A partir de sexta-feira (21), a seleção disputará o Grand Slam de Dusseldorf, na Alemanha, uma das etapas mais concorridas do Circuito Mundial IJF, e que distribuirá importantes mil pontos no ranking mundial classificatório para Tóquio 2020.  

A competição marca a estreia de Mayra Aguiar (78 kg) na temporada 2020, depois de um 2019 recheado de conquistas. Entre elas, o título de Dusseldorf, que ela tentará defender no próximo domingo.

Mayra estreia em 2020 buscando defesa do título do Grand Slam de Dusseldorf.

Atual número 2 do ranking mundial, Mayra, assim como os demais judocas da seleção, segue um planejamento individualizado e participou dos treinamentos de campo de Paris e Oberwart nas últimas semanas para chegar pronta a Dusseldorf. 

“Nesse começo de ano eu gosto de fazer uma base mais forte na preparação física e depois entrar pro tatame. Eu já consegui treinar bem em Paris, onde peguei algumas das minhas principais adversárias, e estou finalizando a preparação agora na Áustria”, detalhou Mayra. “Já consegui acostumar com o fuso-horário europeu nesse período e estou pronta para lutar.” 

Em 2019, Mayra conquistou o ouro em Dusseldorf vencendo a anfitriã Anna Maria Wagner, na final. Neste ano, a brasileira chega como cabeça-de-chave número um e a alemã como número dois, o que possibilitaria um reencontro apenas na final, novamente. Mas, Mayra prefere encarar a disputa como mais uma etapa de preparação para o objetivo final, que são os Jogos Olímpicos, em Julho.  

“É quase um treino de luxo e, claro, uma competição importante. Eu venci ano passado e sei como é bom poder vencer uma competição desse nível. Então, me preparei bastante e vou com muita vontade de chegar lá bem”, projeta.  

Além do ouro de Mayra, em 2019, a campanha do Brasil em Dusseldorf teve ainda a prata de Rafaela Silva (57 kg) e os bronzes de Ellen Santana (70 kg) e Maria Suelen Altheman (+78 kg).  

Veja abaixo a programação e a lista completa da equipe brasileira no Grand Slam de Düsseldorf 2020:

SELEÇÃO MASCULINA 

Eric Takabatake 60 kg (EC Pinheiros/FPJudô)

Felipe Kitadai 60 kg (Sogipa/FGJ)

Daniel Cargnin 66kg (Sogipa/FGJ)

Eduardo Katsuhiro 73 kg (Clube Paineiras do Morumby/ FPJudô)

Charles Chibana 73 kg (EC Pinheiros/ FPJudô)

Eduardo Yudy Santos 81kg (EC Pinheiros/ FPJudô)

Victor Penalber 81kg (Instituto Reação/FJERJ)

Rafael Macedo 90 kg (Sogipa/FGJ)

Leonardo Gonçalves 100 kg (Sogipa/FGJ)

Rafael Buzacarini 100 kg (Clube Paineiras do Morumby/FPJudô)

Rafael Silva “Baby” (EC Pinheiros/ FPJudô)

David Moura (Instituto Reação/FJERJ) 

SELEÇÃO FEMININA 

Gabriela Chibana 48 kg (EC Pinheiros/ FPJudô)

Nathália Brígida 48 kg (Sogipa/FGJ)

Sarah Menezes 52 kg (CR Flamengo/FJERJ)

Eleudis Valentim 52 kg (Instituto Reação/FJERJ)

Ketelyn Nascimento 57 kg (EC Pinheiros/FPJudô)

Ketleyn Quadros 63 kg (Sogipa/FGJ)

Aléxia Castilhos 63 kg (Sogipa/FGJ)

Maria Portela 70 kg (Sogipa/FGJ)

Ellen Santana 70 kg (EC Pinheiros/FP FPJudô)

Mayra Aguiar 78 kg (Sogipa/FGJ)

Maria Suelen Altheman +78 kg (EC Pinheiros/FP FPJudô)

Beatriz Souza +78 kg (EC Pinheiros/FPJudô)

PROGRAMAÇÃO 

Preliminares – horário a definir
Finais: 13h (horário de Brasília)

Sexta-feira, 21: 48 kg, 52 kg, 57 kg, 60 kg e 66 kg
Sábado, 22: 63 kg, 70 kg, 73 kg, 81 kg
Domingo: 78 kg, +78 kg, 90 kg, 100 kg e +100 kg