Ícaro Miguel, Milena Titonelli e Netinho garantem três vagas olímpicas para o Taekwondo Brasileiro

Por Confederação Brasileira de Taekwondo | Crédito: CBTKD

O Brasil garantiu três medalhas e encerrou o qualificatório das Américas com o maior número de integrantes por país, empatado com a Republica Dominicana, com as classificações de Ícaro Miguel, Milena Titoneli e Edival Pontes (Netinho).

Ícaro e Milena venceram seus dois combates e garantiram a presença do Brasil nas categorias até 80 kh, no masculino, e até 67 kg no feminino. Netinho conquistou a vaga na categoria até 68 kg na etapa anterior.

Os três atletas do Taekwondo Brasileiro que conseguiram vagas olímpicas.

Milena Titoneli garantiu a única classificação feminina do Taekwondo Brasileiro para os Jogos de Tóquio ao vencer Acosta Herrera, de Cuba, por 7 a 5.

A equipe brasileira permaneceu na Costa Rica até o dia 15 de março para participar do torneio aberto, na categoria adulta. O evento contou com atletas de fora do continente, como a equipe da Espanha.

“O balanço é positivo, dos quatro atletas que trouxemos, três conseguiram suas vagas. Garantimos o maior número de atletas classificados, junto com a Republica Dominicana. Claro que ficamos tristes por não alcançarmos a vaga do 49 kg, no feminino. A atleta lutou bem, buscou até o final mas, infelizmente, acabou perdendo o combate. A equipe se comportou bem no evento que é difícil, nervoso e exigente mentalmente e isso é importante. A ideia agora é verificar diante de toda situação mundial qual a melhor estratégia para que os atletas se mantenham treinando e o trabalho continue evoluindo fazendo com que a equipe chegue bem nos Jogos Olímpicos”, analisou a coordenadora técnica e chefe de equipe, Natália Falavigna.


Fechar Menu