COB organiza lives especiais para lançar o Programa de Prevenção e Enfrentamento do Racismo no Esporte

Por Comitê Olímpico do Brasil | Crédito: Valterci Santos/AGIF/COB

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) iniciou nesta quarta-feira, 19, uma série de ações voltadas ao lançamento do Programa de Prevenção e Enfrentamento do Racismo no Esporte. A partir das 19h (horário de Brasília), os atletas olímpicos Aline Silva (Wrestling), Diogo Silva (Taekwondo), Etiene Medeiros (Natação) e Ygor Coelho (Badminton), acompanhados da jornalista Eliana Alves Cruz, debateram a “Igualdade Racial no Esporte”, em uma live que pode ser acompanhada no Facebook e no YouTube do Time Brasil.

Já na próxima segunda-feira, 24, também às 19h, uma nova ação virtual dará mais detalhes sobre o Programa desenvolvido pelo Instituto Olímpico Brasileiro (IOB), área de educação do COB. A segunda live “Racismo e Esporte: Prevenção e Enfrentamento” já tem confirmadas as participações especiais de Djamila Ribeiro, escritora, mestre em Filosofia Política pela Unifesp e referência na luta contra a discriminação racial; e da atleta olímpica Iziane Marques, que defendeu a seleção feminina de basquete nos Jogos de Atenas 2004 e Rio 2016 e integra a Comissão de Atletas do COB.

“O COB rechaça veemente quaisquer formas de discriminação, através de seu Estatuto e Código de Conduta Ética e também de suas atitudes diárias. O esporte tem papel fundamental no enfrentamento do racismo, e a não discriminação é um dos principais preceitos do Movimento Olímpico, conforme prevê a Carta Olímpica”, diz o presidente do COB, Paulo Wanderley. “Com o lançamento do Programa de Prevenção e Enfrentamento do Racismo no Esporte, estamos reafirmando nosso compromisso de lutar pela garantia dos direitos e liberdades, não só no esporte, mas em toda a sociedade”, completa.

Após o sucesso do Curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte (PEAAE), que contou com a participação de mais de 900 atletas e 6.000 inscritos em menos de cinco meses do seu lançamento, o COB se mobiliza na organização de ações de enfretamento do racismo no esporte. A proposta é dar sequência a essa programação, que terá a presença de diferentes especialistas no assunto e culminará com o lançamento do curso em 2021.

O Programa de Prevenção e Enfrentamento do Racismo surgiu do desejo do COB de seguir tratando de temas transversais e sensíveis ao esporte, uma vez que se torna urgente implementar princípios gerais de segurança, bem como promover um ambiente seguro, no qual todos os envolvidos no ambiente esportivo possam enfrentar e evitar qualquer tipo de violência. O objetivo do programa é desenvolver ações de reflexão e discussão sobre a temática das relações raciais, na busca da prevenção, enfrentamento e superação das desigualdades criadas pela prática da discriminação racial.

Este novo programa compõe ainda outras ações já promovidas pelo COB, visando garantir a ética e a transparência e o cumprimento dos Valores Olímpicos, tais como: PEAAE; ações de Compliance; ações de Prevenção ao Doping; e programa GET – Gestão, Ética e Transparência; entre outras ações de cunho administrativo.