Da Redação | Crédito: Alan Emerson – Revista Master

Com um número recorde de inscritos, a 3ª Copa Embaixador da República da Coreia movimentou o Ginásio Tarumã, em Curitiba. Sob a organização do GM Hong Soon Kang, do presidente da Associação Coreanos – Curitiba, Byun, e do mestre Cleber, o campeonato reuniu atletas e educadores de Taekwondo, Hapkido e Hwarang Kumdo de vários estados, bem como convidados ilustres, entre eles, o embaixador da Coreia, Chan-Woo Kim, o Deputado Federal Aroldo Martins, o líder da GRPCOM – Curitiba, Guilherme Doring Cunha Pereira, o presidente da Federação Paulista, Yeo Jun Kim, o membro do Conselho Nacional de Unificação das Coreias, Chang Man Lee, entre muitos outros.

Logo na abertura, o público foi surpreendido pela qualidade técnica dos participantes. Durante aproximadamente 10 minutos, as delegações se apresentaram. Em seguida, houve a execução do Hino Nacional Brasileiro e Coreano pela banda da Polícia Militar. Na ocasião, ocorreram diversas homenagens e apresentações de cultura coreana (K-pop).

O embaixador da Coreia parabenizou e agradeceu a todos os organizadores, autoridades e ao público pela iniciativa em promover a cultura coreana, e salientou ainda a importância da união em prol do Taekwondo nacional.

Para o grão-mestre em Hapkido, Taekwondo e Hwarang Kumdo, Hong Soon Kang, a Copa Embaixador é uma forma de homenagear a cultura coreana, a relação harmoniosa com o Brasil, e é claro, o crescimento do Taekwondo. “Neste ano, completei 64 anos de prática de TKD no país. Sendo assim, esta 3ª edição foi algo muito simbólico, pois demonstrou que estamos no caminho certo. O evento atraiu cerca de 800 atletas. Muito obrigado pelo interesse e apoio de todos”, disse.

Segundo o Deputado Federal Aroldo Martins, o Taekwondo está em ótima fase no Paraná, porém, sempre pode melhorar.

O parlamentar é apaixonado pela área, tanto que é 6º dan em Taekwondo, 4º dan em Hapkido e 2º dan em Judô, e possui, ao todo, 45 anos de envolvimento marcial. “Vejo este segmento como instrumento de inclusão social e como um meio de manter os jovens afastados das drogas e de outras mazelas sociais. É necessário que as autoridades, através das Secretarias de Esportes, identifiquem seu caráter pedagógico. Em nosso estado, contamos com a Federação Paraense de Taekwondo, que possui 19 mil associados, e o apoio da Confederação Brasileira (CBTKD) e do Conselho Regional de Educação Física. Estamos em boa fase, mas como qualquer outro estado, precisamos nos desenvolver ainda mais”, reflete.

Em suma, o evento foi prestigiado por representantes de quase todos os estados brasileiros, delegações da Argentina, Uruguai, Paraguai e Portugal, e por alguns cônsules.

Segundo o Prof. Dr. Marcelo Vitorino, o Taekwondo, aos poucos, está ganhando mais visibilidade no Brasil, em especial, na cidade de Curitiba. “Aproximadamente 2 mil pessoas entre atletas, professores, mestres, homenageados e público em geral prestigiaram a cerimônia. Este evento marca uma nova fase do Taekwondo Paranaense”, comenta.

A 3ª Copa Embaixador da Coreia teve o suporte do Governo do Paraná, GRPCOM e RPC.

Resultados da 3ª Copa Embaixador da Coreia

Taekwondo

1º lugar geral: Associação Paranaense de Taekwondo

2º lugar geral: Federação Paranaense de Taekwondo

3º lugar geral: Associação Handar de Taekwondo – Rio Branco do Sul – Paraná

4º lugar geral: Associação Kiedrosk de Taekwondo

Hapkido

3º lugar geral: Associação Soledade

Veja mais fotos no Facebook da Revista Master

Fechar Menu