Conheça as recomendações gerais que ajudam a prevenir contra infecção por Coronavírus

Por Luiz Rodolfo de Aragão Ortiz

Até esta quinta-feira, 04 de junho, o Coronavírus (Covid-19) havia atingido mais de 6 milhões de casos globais. Somente no Brasil são mais de 595 mil infectados e 33.038 mil mortes.

A pandemia mantém todo o mundo em alerta. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras organizações científicas, para tentar evitar a contaminação e a disseminação do vírus Sars-CoV-2, são recomendados o isolamento social, lavagem das mãos frequentemente com água e sabão ou com álcool em gel 70%, manter distância, de pelo menos, 2 m de outras pessoas, e uso de máscaras de maneira correta, bem justa, até próximo aos olhos, sem frestas, sempre bem higienizadas previamente, bem lavadas com água e sabão, entre outras.

A seguir, você confere um guia com boas práticas de tentativas de prevenção contra infecção:

Higiene Física

– Aspire solução fisiológica salina 0.9% (lavagem interna do nariz/sínus) pelas duas narinas, assoando logo a seguir, repetindo por 3 (três) vezes seguidas, dia sim, dia não. Não recomendado para alérgicos e hipertensos, neste caso substituindo por água de boa qualidade.

– Torna-se indispensável a higienização diária do sínus nasal (cavidade interna do nariz), pois ali se instala o vírus por cerca de 48 horas, antes de infectar por completo o organismo.

– Higienize olhos, ouvidos, boca, e garganta com solução fisiológica salina 0.9%.

– Lave as mãos frequentemente com água e sabão.

– Banho com água quente e sabão – lave bem barba e os cabelos.

Higiene da Residência

– Mantenha a residência com janelas abertas e sol.

– Lave seus mantimentos (compras) e embalagens com água e sabão.

– Lave roupas, chão e sapatos diariamente.

– Limpe ventiladores, ar-condicionado e móveis.

– Lave frequentemente com água e sabão maçanetas de portas, disjuntores, interruptores, teclados, e acionamento de descarga do sanitário.

– Higienize o ambiente com essência de eucalipto diluída a 50% em água filtrada.

Alimentação

– Alimentos importantes: limão, alho, cebola, cravo, vinagre, chocolate, uvas escuras, tomate, ovos, cacau, banana, açaí, mamão, cenoura, laranja, beterraba, graviola, goiaba, gengibre, repolho, mel, maçã, inhame, abóbora.

– Evite carnes e alimentos industrializados.

– Consuma Vitamina C com Zinco.

– Controle seu peso e evite obesidade.

– Beba água frequentemente com 3 (três) gotas de própolis.

– Evite bebidas geladas.

– Consuma sal, açúcar, café, moderadamente.

– Beba chás quentes: camomila, erva cidreira, erva doce, chá verde.

– Não consuma bebidas alcoólicas.

– Cuidado com o consumo de medicamentos (prescrição médica).

Hábitos Saudáveis

– Isolamento social.

– Não fume.

– Sol do meio-dia diário por 15 (quinze) minutos, com pouca roupa.

– Faça exercícios físicos moderados.

– Faça exercícios respiratórios.

– Fora da residência, mantenha pelo menos 2 (dois) metros de outras pessoas.

– Use máscara de maneira correta, bem justa, até próximo aos olhos, sem frestas, sempre bem higienizadas previamente, bem lavadas com água e sabão.

– Evite aglomerações.

– Tenha bons pensamentos.

– Ouça música.

– Medite.

Observação:

A literatura científica mostra que a higienização sínus/nariz/boca/garganta e olhos com solução fisiológica 0,9%, é uma boa prática auxiliar coadjuvante (cautelosa), com potencial preventivo contra vírus e outros micro-organismos, embora seja contraindicado para alérgicos, hipertensos, indivíduos com hipersensibilidade, casos de hipernatremia, retenção hídrica, hipercloremia, pacientes que estão recebendo corticosteroides, corticotropina ou medicamentos que possam causar retenção de sódio, com cautela em pacientes idosos, principalmente, com insuficiência cardíaca, renal ou inchaço, tendo incompatibilidade com Anfotericina B e Glucagon, portanto, a prática e dosagem necessitam de avaliação individualizada – critério médico.

Consulte:

Word Meters – acompanhamento dos casos no mundo

*Luiz Rodolfo De Aragão Ortiz

É 8º dan em Shorin-ryu Karate-Do e 5º dan em Kobu-Do, bacharel em Educação Física, engenheiro químico e Mestre Honoris Causa em Artes Marciais.

Desde 2017 realiza pesquisas em neurociências no Laboratório de Mapeamento Cerebral e Integração Sensório Motora do Instituto de Psiquiatria (UFRJ), com benefícios cognitivos e promoção de eficiência neural cerebral através do Karate-Do.

É candidato a Mestrado em Saúde Mental no Instituto de Psiquiatria da UFRJ e recebeu homenagens da FKERJ, CBK, SSK, Rotary Clube, Faculdade Einstein, Faculdade de Educação Física da Força Aérea Brasileira, Assembleias Legislativas de São Paulo e do Rio de Janeiro, e Erich Fromm World University (EUA).

Fechar Menu