WADA atualiza recomendações às Organizações Antidoping durante a pandemia do COVID-19

Por Comitê Olímpico do Brasil | Crédito: Divulgação

A Agência Mundial Antidoping (WADA, em inglês) emitiu nesta semana um documento com atualizações voltadas para as Organizações Antidopagem sobre a retomada dos testes dos atletas.

A entidade internacional desenvolveu a orientação após consulta a um grupo de Organizações Nacionais Antidopagem para determinar como a comunidade pode operar melhor seus programas de teste neste ambiente desafiador da pandemia do Coronavírus. A orientação segue os procedimentos de saúde e higiene recomendados globalmente e está alinhada com o Padrão Internacional para Testes e Investigações.

A orientação foi refinada para refletir a natureza evolutiva da pandemia, seu efeito no programa global de testes e o fato de que algumas partes do mundo que suspenderam ou reduziram significativamente os testes estão voltando ao normal à medida que as restrições começam a ser levantadas. Ele abrange várias áreas, concentrando-se em particular em quais procedimentos devem ser empregados pelas organizações e seu pessoal de coleta de amostras ao realizar testes durante esse período.

“Durante a pandemia do COVID-19, a WADA tem mantido contato próximo com as Organizações Antidopagem para fornecer liderança e apoio diante dessa situação sem precedentes. Como sempre, nossa primeira prioridade deve ser saúde pública, segurança e responsabilidade social. Portanto, continuamos a instar todos a seguirem de perto os conselhos das autoridades sanitárias e agências governamentais relevantes”, afirmou o presidente da WADA, Witold Ba?ka, que já estuda a intensificação do controle em países que voltam às suas rotinas.

“Onde os programas de teste podem retomar, estamos fornecendo orientações claras para que a integridade do sistema possa ser mantida sem prejudicar a saúde dos atletas, do pessoal da coleta de amostras ou de qualquer pessoa que entre em contato com eles. É crucial que o sistema possa retornar à potência máxima o mais rápido possível, uma vez que as várias restrições sejam levantadas, de acordo com as diferentes circunstâncias ao redor do mundo”, completou Banka.

Nas próximas semanas, a agência estabelecerá um Grupo de Trabalho para Testes Estratégicos que, entre outras atividades, coletará feedback das organizações nacionais sobre seus programas de testes durante a pandemia do COVID-19 e revisará as lições aprendidas. O grupo também considerará maneiras de lidar com outras situações de crise que possam surgir em termos de testes no futuro.

Enquanto a situação continua evoluindo, a WADA está sempre disponível para ajudar as agências nacionais a apoiar e monitorar sua implementação do programa antidopagem. A WADA continuará a publicar atualizações sobre sua resposta ao COVID-19 à medida que a situação evoluir.

Fechar Menu