Você sabe como o Hapkido chegou ao Brasil?

Da Redação | Crédito: Divulgação

 

A disseminação da modalidade ocorreu através da vinda de professores coreanos ao Ocidente, entre eles, os mestres Hwang In-Shik e Ji Han-Jae, que atuaram nos Estados Unidos, e Sung Soo Lee, precursor na Austrália.

Logo, a Associação de Hapkido da Coreia divulgou a arte marcial na Guerra do Vietnã. Para isso, mandaram 15 integrantes, um deles foi Jung Mam Kim.

No Brasil, mais precisamente na Bahia, no final da década de 60, mestre Lim tentou implantar a vertente.Depois dele, chegou em São Paulo, o professor Kang Byung Hak. Porém, como não eram representantes oficiais, tiveram dificuldades para continuar os ensinamentos.

Apenas em março de 1972, com a vinda de Park Sung Jae, a modalidade ganhou força. Ele era secretário-geral da Confederação e instrutor, chegou inclusive a dar aulas para o Departamento Especial de Polícia e Serviço de Treinamento Antiterrorista.

Em território brasileiro, mestre Park realizou um treinamento árduo com soldados. A primeira turma de faixas pretas (2º GCAN 90) foi formada no Segundo Quartel-General de Quintaúna.