Sociedade Veteranos de 32 homenageia personalidades civis e militares do Estado de São Paulo

Da Redação | Crédito: Revista Master

Na manhã desta segunda-feira (16), a Sociedade Veteranos de 32 (MMDC), uma das mais representativas do Estado, prestou uma homenagem a diversas personalidades civis e militares no Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo.

Alguns dos homenageados pela Sociedade Veteranos de 32.

Com apresentação do sensei José Jantália, a solenidade atraiu autoridades, como o Senador Major Olímpio, o prior David Caparelli, a consulesa da Inglaterra no Brasil, Joana Grelen, o Procurador do Ministério Público do Estado de São Paulo (Tribunal de Contas), Celso Augusto, o presidente da Sociedade Veteranos de 32, Carlos Alberto Maciel Romagnoli, o vice-presidente Luis Fernando Marcondes, o Coronel e ex-líder da entidade, Mário Fonseca Ventura, o dirigente da Associação Paulista de Imprensa (API), Sérgio Redó, o vereador Beto do Social, os Coronéis Antônio Carlos Mendes, Mário Fonseca Ventura e Alexandre Pinheiro, o Tenente Josafá Bispo, entre outros.

No centro da imagem, Chico do Judô, Coronel Antônio Carlos Mendes e o mestre de cerimônia, José Jantália.

Além disso, não faltaram policiais militares e representantes das artes marciais, entre eles, os senseis Chico do Judô, Roberto Thomaz (MMA), Sergio Valencia (Karate) e os editores da Revista Master, Elaine Ferreira e Fábio Bueno.

Após a execução do Hino Nacional Brasileiro, o presidente da Sociedade Veteranos de 32, Carlos Alberto Maciel Romagnoli, explicou que é fundamental manter vivo o legado e o trabalho dos Heróis de 32. “Obrigado pela presença de todos e por acreditarem nos valores da Revolução Constitucionalista de 32. O amor à Pátria é um grande exemplo de cidadania”, disse.

Policiais Militares.

Todos foram homenageados em razão de sua trajetória, amor ao civismo e à história da Revolução.

Algumas das honrarias entregues.

Bastante contundente, o Senador Major Olímpio lembrou que os Heróis de 32 atualmente são representados pelas Forças Militares e os policiais que cuidam da segurança do Brasil. “São cidadãos que colocam sua vida em risco em prol da sociedade. Nessa solenidade, reencontrei grandes amigos e parceiros de vida”, fala.

Senador Major Olímpio.

O presidente do Sindicato das Entidades de Administração do Desporto no Estado de São Paulo (SEADESP) e professor de Karate, Sergio Valencia, considera a cerimônia uma das principais honrarias de sua carreira. “Me sinto extremamente realizado em ser um dos convidados. Agradeço especialmente ao prior David Caparelli e ao Coronel Antônio Carlos Mendes”, disse.

Da esq. para a dir. Roberto Thomaz, Fábio Bueno, Sergio Valencia e David Caparelli.

Na ocasião, a diretoria do MMDC, formada por Carlos Alberto Maciel Romagnoli, Luis Fernando Marcondes e Mauricio, recebeu o Prêmio Marco da Paz, criado pelo Sr. Gaetano Brancati Luigi, da Associação Comercial de São Paulo, que reverencia ícones que se destacam pela sua atuação no campo social e pela construção da cultura de paz no mundo. Até o momento, apenas 14 cidadãos foram contemplados.

Vice-presidente do MMDC, Luis Fernando Marcondes, recebe o Prêmio Marco da Paz.

Em suma, os homenageados foram agraciados com medalhas comemorativas, comendas e placas. Sergio Valencia, Chico do Judô e Roberto Thomaz, por exemplo, ganharam a Medalha Pedro de Toledo.

Veja mais fotos no Facebook da Revista Master.

Fechar Menu