Pan-Americano Aberto de Artes Marciais é um sucesso em Santa Isabel

Da Redação / Crédito: Revista Master

 

No final de semana, entre 24 e 25 de agosto, aconteceu o Pan-Americano Aberto de Artes Marciais em Santa Isabel, que reuniu equipes de São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Amazonas, Minas Gerais, Rondônia, Rio Grande do Sul, entre outros estados, além da Argentina, Paraguai, Uruguai e Peru.

A competição foi um sucesso e contou com a realização do mestre e vice-presidente da União Internacional de Artistas Marciais da América (UIAMA), Daniel Lucena. Foram montados certames para os embates de Muay Thai, Jiu Jitsu, Hapkido, Taekwondo, Kung Fu, Kickboxing, entre outras modalidades.

Na lista de convidados, estavam o presidente da UIAMA, Carlos Hernandez, o representante da prefeita de Santa Isabel, Fábia Porto Rosset, os mestres em Kung Fu, Benedito Barros e Barbosa, os editores da Revista Master, Elaine Ferreira e Fábio Bueno, etc.

Segundo o organizador, mestre Daniel Lucena, o evento cresce a cada ano devido ao apoio incondicional da UIAMA, da Secretaria de Esportes e de todos os participantes. “Nosso campeonato está sempre se superando, graças ao incentivo e à dedicação de vocês”, disse.

Image

O presidente da UIAMA, Carlos Hernandez, agradeceu ao convite e disse que Daniel Lucena é um símbolo das artes marciais no Brasil. “Ele não mede esforços para reunir grandes lendas das artes marciais nesse evento. Aproveito o momento para convidá-los para o Campeonato em Bariloche, na Argentina”, anuncia.

O mestre em Kung Fu, Benedito de Barros Filho, também discursou e agradeceu a todos pelo empenho em divulgar a prática marcial. Para Tiago, representante da prefeita de Santa Isabel, Fábia Porto Rosset, é um orgulho receber tantos atletas na cidade. “Nós temos o sonho de ser a capital das artes marciais no Brasil. E um dos motivos é o fato de termos aqui o mestre e lutador Daniel Lucena, que está sempre divulgando nosso trabalho. Em nome da prefeita, quero parabenizar a todos os atletas, mestres, treinadores e árbitros”, comenta.

Na competição por equipes, o mestre Averaldo Oliveira, de Catanduva, levou 26 atletas, entre crianças e adultos. Juntos, eles conquistaram um cinturão, um enorme troféu e 86 medalhas, sendo 68 de ouro, 10 de prata e oito de bronze.

A segunda colocação foi conquistada pela equipe do mestre Wevesson Félix, do Espírito Santo. A equipe do educador Genivaldo Porto, por sua vez, conquistou a terceira colocação.

A Isamp Sports também se destacou. Na ocasião, o editor da Revista Master, Fábio Bueno, prestou uma homenagem aos professores do Brasil e enalteceu o papel das artes marciais como instrumento de educação. “Vocês, professores, têm um papel fundamental no resgate de crianças, tirando-as do ócio e das ruas. É uma honra estar aqui”, fala.

Image
No sábado (24), aconteceu o Seminário de Jiu Jitsu com o ícone Ismael Souza, líder da Confederação Brasileira de Jiu Jitsu Profissional, que apresentou dicas e técnicas que podem ampliar a eficiência dos movimentos e facilitar os treinos. O mestre Walbert Gomes foi condecorado com uma faixa coral por sua longa e dedicada carreira na modalidade.O Pan-Americano Aberto de Artes Marciais promoveu diversas homenagens e entregou medalhas, cinturões e troféus aos vencedores. Para assistir às lutas, o público doou 1 kg de alimento não perecível. As doações foram destinadas ao Fundo Social de Solidariedade. O evento contou com a cobertura do STTV, comandado por Salim Tosta. O programa vai ao ar na próxima segunda-feira (02/09).Image
NovidadeO próximo evento internacional da UIAMA acontece em setembro, em Bariloche, na Argentina, e o mestre Daniel Lucena é um dos responsáveis pela seleção brasileira.
Veja mais fotos no Facebook da Revista Master.Image