Grandes Mestres – edição Américas está em produção

Por Girliani Martins | Crédito: Divulgação

 

O projeto Grandes Mestres é uma unanimidade na área das artes marciais, e ao longo desses anos, não circulou somente em todo o território brasileiro, mas em mais de 12 países, entre eles, Argentina, Chile, França, Japão, Tailândia, Luxemburgo, etc, por meio dos próprios participantes.

O sucesso levou o editor Fábio Bueno a produzir neste ano a 11ª edição, focada nas Américas, devido ao papel histórico que este continente representa para as artes marciais.

Assim, chegar até aqui é ter a convicção de que as artes marciais são, sim, uma área muito potencial, repleta de professores e mestres sérios, comprometidos em levar um ensino inovador e de qualidade.

Esta edição, portanto, reflete o compromisso em valorizar as diretrizes educacionais de professores e mestres do continente americano, além é claro, de ressaltar os percalços enfrentados pelos introdutores no Brasil, a exemplo de Mitsuyo Maeda, Ryuzo Ogawa, Sang Min Cho, Woo-Jae Lee, Park Sung Jae, Sadamu Uriu, Nélio Borges, Carlos Gracie, Hong Soon Kang, Pastinha, Bimba, entre tantos outros.

Participantes

Os inscritos na edição Américas têm até 13 de setembro para enviar o restante do material (textos, fotos e logotipos). Os arquivos podem ser encaminhados para o e-mail redacao@buenoeditora.com.br

Saiba mais:

www.grandesmestresmarciais.com.br