Por Girliani Martins | Crédito: Alan Emerson

imagem da noticia

Geração de caratecas marca presença no lançamento de novo livro de Sensei Bartolo

Uma geração de caratecas, do faixa branca ao preta, compareceu a noite de autógrafos do livro “Okinawa: uma viagem ao berço do Karate-Do”, escrito por Paulo Bartolo.

O lançamento, realizado na última quarta (25), no Consistório da Universidade Santa Cecília (Unisanta), foi precedido por um aulão de Karate, prestigiado por discípulos, personalidades do Karate e amigos.

O livro, publicado pela Bueno Editora, traz detalhes sobre Okinawa, considerada o berço desta modalidade japonesa, com informações sobre cultura, gastronomia, marcialidade e outras peculiaridades.

Segundo o autor, o objetivo da obra é despertar nos praticantes o sonho de conhecer a terra natal do Karate. “Eu demorei 50 anos para conhecer a ilha de Okinawa. Gostaria que todos os caratecas tivessem também esta oportunidade de vivenciar o espírito do povo de Okinawa e a cultura do Karate”, explica.

A escritora, prefaciadora deste trabalho e presidente do Colégio e Universidade Santa Cecília, Drª Lúcia Maria Teixeira Furlani, considera que a experiência do autor colabora para que mais jovens aprendam e “embarquem” no universo do Karate. “O sensei Paulo Bartolo, com este olhar de quem está sempre aprendendo, nos convida a embarcar nesta viagem e aprender um pouco mais sobre Karate. Esta ideia de proximidade com o leitor é um grande diferencial”, analisa.

Existe uma simbologia de quem vai a Okinawa, quer retornar sempre. Além de Bartolo, o médico e ex-atleta de alto rendimento da Academia Resistência, Jorge Tadeu Rogas, 4º dan, é mais um exemplo disso.

Image

Ele foi duas vezes à ilha, uma em 2013, acompanhado pela delegação de Bartolo, e a outra em 2016, e resume as experiências como algo que modificou a sua visão esportiva e humanista. “Foram vivências fantásticas. Infelizmente, nós, ocidentais, temos uma visão somente esportiva do Karate. Os okinawanos, por sua vez, encaram como um meio de vida. Lá, a disciplina é obrigatória nos cursos de Educação Física. Tecnicamente, são muito mais avançados. Eles não enxergam a arte como competição. E isto é ótimo porque você também passa a olhar diferente para o Karate. Esta visão filosófica é transmitida neste livro. Dá até vontade de voltar à Okinawa”, detalha.

Na noite de autógrafos, o autor recebeu vários amigos e alunos, como Edilene Caribé. A faixa preta acredita que a publicação pode agregar bastante nas práticas diárias do Budô. “Sensei Bartolo tem uma bagagem incrível e está sempre se atualizando. Para nós, alunos, este livro é muito enriquecedor, ainda mais considerando que o Karate não compreende só movimentos, é uma filosofia de vida”.

O amigo e presidente da Seitokan no Brasil, Walter Menezes, destaca que a obra aprimorará o conhecimento dos alunos. “É muito importante para conhecer a cultura japonesa, a ilha de Okinawa e a filosofia do Karate”, frisa.

Mais

Além de “Okinawa: uma viagem ao berço do Karate-Do”, Paulo Bartolo lançou a segunda edição de “Karate-Do: uma visão multidisciplinar”, que apresenta a análise de vários caratecas com profissões variadas sobre a prática.

Há participações de um médico, uma psicóloga, um advogado, um fisioterapeuta e a dupla formação do autor em Engenharia e Educação Física.

O responsável pela parte de Fisioterapia, o mestre Ivan Barreira Cheida Faria, trata de Traumatologia do Esporte, além de prevenção e tratamento de lesões. “Eu pratiquei Karate por 23 anos e conheço o Bartolo de longa data. Há alguns anos, ele desenvolveu um curso de pós-graduação na Unisanta e me convidou para participar. Ministrei aulas sobre Traumatologia do Esporte e inseri esta parte no livro. É uma forma de orientar os praticantes a evitar lesões”, explica.

Veja mais fotos exclusivas na página da revista Master no Facebook

 Como adquirir os livros

Tanto ““Okinawa: uma viagem ao berço do Karate-Do” quanto “Karate-Do:uma visão multidisciplinar” estão à venda na Bartolo Store, em https://www.bartolostore.com.br/

 

Veja mais notícias!

imagem da noticia

Gutemberg Lins ministra Workshop de Coreografias de Luta em São Paulo

ver completa
imagem da noticia

Gutemberg Lins ministra Workshop de Coreografias de Luta em São Paulo

ver completa
imagem da noticia

Gutemberg Lins ministra Workshop de Coreografias de Luta em São Paulo

ver completa
imagem da noticia

Gutemberg Lins ministra Workshop de Coreografias de Luta em São Paulo

ver completa
imagem da noticia

Gutemberg Lins ministra Workshop de Coreografias de Luta em São Paulo

ver completa
imagem da noticia

Gutemberg Lins ministra Workshop de Coreografias de Luta em São Paulo

ver completa