Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: CBJ

imagem da noticia

Seleção brasileira de Judô é convocada para os Jogos Sul-Americanos de Cochabamba 2018

A seleção brasileira de Judô, formada por 14 atletas, foi convocada na quinta-feira (05), para a disputa dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba 2018, na Bolívia. A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) selecionou para esse evento jovens judocas que se destacam ou que já se destacaram nas categorias de base e ainda estão em processo de transição para a classe sênior. 

"A nossa ideia é levar uma equipe jovem, mas com potencial para que esses atletas possam adquirir experiência em eventos poliesportivos como os Jogos Sul-Americanos", explicou Ney Wilson, gestor de alto rendimento da CBJ. 

Com isso, foram selecionadas para integrar a seleção feminina as judocas Larissa Farias (48kg), vice-campeã mundial júnior em 2014; Larissa Pimenta (52kg); Gabrielle Gonzaga (57kg); Gariella Moraes (63kg), vice-campeã mundial juvenil em 2017; Bruna Silva (70kg); Laislaine Rocha (78kg), campeã do Aberto Pan-Americano de Santiago 2018; e Luiza Cruz (+78kg), medalhista de bronze no Mundial Juvenil de 2017. 

No masculino, os judocas escolhidos foram Robson Penna (60kg); Michael Marcelino (66kg), vice-campeão mundial juvenil em 2015; David Lima (73kg); Tiago Pinho (81kg); Giovane Ferreira (90kg); Leonardo Gonçalves (100kg), vice-campeão mundial júnior em 2015; e João Cesarino (+100kg). A maioria desses atletas participam do treinamento de campo que acontece nesta semana em Pindamonhangaba como forma de preparação para a disputa. As exceções são Bruna, Michael, David e Leonardo, que estão na Turquia para lutar neste final de semana o Grand Prix de Antalya. 

Assim como os atletas, a comissão técnica também conta com novos nomes. Um dos destaques é a participação do campeão mundial Luciano Corrêa, que se aposentou dos tatames no final de 2017 e terá pela primeira vez a oportunidade de viajar como chefe de delegação da seleção brasileira. 

"Chefiar a equipe brasileira nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba será um grande desafio. É minha primeira experiência como chefe de delegação e é uma virada de página para mim pensando que, em dezembro, eu ainda era atleta. Fico muito feliz e honrado e, ao mesmo tempo, tentando contribuir de uma outra forma agora impulsionando e incentivando o judô brasileiro. Nós temos uma delegação nova, mas com ótimo potencial para fazer um bom torneio em Cochabamba", comentou Luciano. "É um evento muito similar aos Jogos Pan-Americanos, Jogos Olímpicos e é uma ótima oportunidade para cada um representar o país. Eu, como chefe de delegação, estou aprendendo muito ainda, mas estarei a disposição para dar todo o suporte necessário."

Os técnicos, também jovens, serão Marinho Esteves (SESI/SP) e Alexandre Katsuragi (Minas Tênis Clube/MG). Pensando nos possíveis efeitos da altitude de Cochabamba sobre o desempenho dos atletas, a CBJ convocou ainda o médico Rodrigo Furtado e a nutricionista Roberta Lima, que já trabalham em cima de estratégias para minimizar o chamado "Mal da Montanha". 

Programação
Na programação oficial dos Jogos Sul-Americanos, as provas de judô começarão no domingo, 27 de maio, para as categorias Ligeiro e Meio-Leve (60kg, 66kg, 48kg e 52kg). Na segunda-feira, 28 de maio, serão as disputas dos pesos Leve e Meio-Médio (57kg, 63kg, 73kg e 81kg). Na terça-feira, 29, lutarão os judocas dos pesos Médio e Meio-Pesado (90kg, 100kg, 70kg e 78kg). E, no último dia, quarta-feira, 30, lutarão os pesos Pesados (+78kg e +100kg).Todos os combates serão no Coliseo Municipal de Cliza. 

Seleção Brasileira - Jogos Sul-Americanos Cochabamba 2018Feminino

Larissa Farias (48kg)
Larissa Pimenta (52kg)
Gabrielle Gonzaga (57kg)
Gabriella Moraes (63kg)
Bruna Campos (70kg)
Laislaine Rocha (78kg)
Luiza Cruz (+78kg)

Masculino
Robson Penna (60kg)
Michael Marcelino (66kg)
David Lima (73kg)
Tiago Pinho (81kg)
Giovani Ferreira (90kg)
Leonardo Gonçalves (100kg)
João Cesarino (+100kg)

Comissão Técnica
Luciano Corrêa - Chefe de Delegação
Alexandre Katsuragi - Técnico
Marinho Esteves - Técnico
Rodrigo Furtado - Médico
Roberta Lima - Nutricionista

Veja mais notícias!

imagem da noticia

São Paulo garante título da Copa do Brasil

ver completa
imagem da noticia

Você sabe quais são os maiores atletas na história do Taekwondo brasileiro?

ver completa
imagem da noticia

Centro Pan-Americano de Judô recebe última Seletiva Olímpica do ciclo Tóquio 2020 a partir de amanhã

ver completa
imagem da noticia

10 motivos para você praticar Hapkido

ver completa
imagem da noticia

Conheça a história do Hapkido no Brasil

ver completa
imagem da noticia

Vinicius Figueira é destaque no Prêmio Mérito Desportivo do Exército 2018

ver completa