Por Girliani Martins | Crédito: Revista Master

imagem da noticia

11ª Copa América de Taekwondo leva mais de mil atletas à cidade de Arujá

Entre 23 e 25 de fevereiro, a 11ª Copa América de Taekwondo movimentou pelo segundo ano consecutivo a cidade de Arujá, no Alto Tietê, em São Paulo, atraindo mais de mil atletas de todo o Brasil e de outros países.

Organizada pela Liga Nacional (LNT), a competição apresentou lutas nas categorias kyorugui e poomse (formas individual e dupla), além de um Curso de Atualização e o concurso Miss Taekwondo na Instituição Religiosa Perfect Liberty.

Tradicionalmente, a Copa América é prestigiada por muitas personalidades, e neste ano não seria diferente. A edição de 2018 contou com a presença do presidente da LNT, Nilton dos Santos, do introdutor do Taekwondo no Brasil, Sang Min Cho, dos mestres Te Bo Lee, Yeo Jin Kim, Antonio da Silva, Luiz Kobayashi, Carlos Costa, Ciro dos Santos, White Wagner, Maninho, Manuela Feliz, Wanderlei Nervoso, Sorriso, Aguinaldo Santana, Marcelo Souza, Emerson Ribeiro Neto, Rameda, Beto Santos e Noronha, e das mestras chinesas Jang Han Byeol e Park Ju Yong.

No discurso de abertura, o presidente de honra da LNT, Yeo Jin Kim, destacou o engajamento de atletas, professores, mestres e especialmente das famílias. “Quero agradecer ao apoio de todos os participantes e a colaboração de professores e mestres que elevam o nível do evento. Não posso deixar de mencionar as famílias, que não poupam esforços para acompanhar as competições”, discursou.

O anfitrião e organizador, mestre Fábio Vicente, comentou sobre o crescimento da competição. “A cada edição novos talentos estão despontando”. Na competição, a equipe do mestre Antonio da Silva, do Rio de Janeiro, conquistou três medalhas de ouro, um marco que foi muito comemorado.

Todos os anos a entidade investe em cursos de capacitação para instrutores, mestres e arbitragem. Este ano contou com palestrantes ilustres como Sang Min Cho, Baik Hwang Ki, entre outros.

A Copa América é uma espécie de termômetro para os campeonatos que ocorrerão ao longo do ano. Em 2018, além do Brasil, recebeu delegações da Argentina, Bolívia, Chile, Coreia e Paraguai.

Veja mais fotos

Veja mais notícias!

imagem da noticia

Com mais seis pódios neste domingo, Judô brasileiro fecha Grand Prix de Cancún com 11 medalhas

ver completa
imagem da noticia

Sandy Macedo conquista medalha inédita para o Brasil

ver completa
imagem da noticia

Eduarda Rosa derrota equatoriana e conquista o bronze para o Time Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude

ver completa
imagem da noticia

Livro Grandes Mestres - 10ª edição terá lançamento especial em Santos

ver completa
imagem da noticia

Bueno Editora faz agradecimentos em menção ao sucesso do livro Grandes Mestres - 10ª edição

ver completa
imagem da noticia

João Santos fica em sétimo lugar nos Jogos Olímpicos da Juventude

ver completa