Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: IJF Media Team - Jack Willingham

imagem da noticia

Rafaela, Érika e Kitadai lutam pelo ouro no Grand Slam de Abu Dhabi

O Brasil teve um ótimo início de Grand Slam de Abu Dhabi na madrugada desta quinta-feira (26). Rafaela Silva (57 kg), Érika Miranda (52 kg) e Felipe Kitadai (60 kg) foram implacáveis nas preliminares e disputarão o ouro a partir das 11h (horário de Brasília). O portal live.ijf.org transmite as lutas ao vivo. 

O primeiro a se garantir na final foi o ligeiro Felipe Kitadai (60kg). Ele venceu Mohammad Rashnonezhad, do Irã, na primeira luta forçando três punições ao adversário. Em seguida, conseguiu três waza-aris para superar o russo Albert Oguzov, nas oitavas-de-final. Nas quartas, Kitadai marcou um waza-ari a poucos segundos do fim da luta contra o cazaque Gusman Kyrgyzbayev e avançou à semi, onde derrotou o georgiano Amiran Papinashvili por ippon com uma chave de braço. A decisão pelo ouro será contra Robert Mshvidobadze, da Rússia. 

A campeã olímpica também lutou bem nesta manhã, estreando com vitória por wazari contra Julia Kowalczyk, da Polônia. Nas oitavas, derrotou Amelie Stoll, da Alemanha, por ippon, e, na semifinal passou pela canadense Jessica Klimkait por um wazari. A luta pelo ouro será um reencontro com sua adversária da final olímpica no Rio 2016, a mongol Sumiya Dorjsuren que, em setembro conquistou o título mundial da categoria. Portanto, será o embate entre as duas melhores do mundo no peso leve, backnumber dourado contra backnumber vermelho. 

A terceira finalista do dia será Érika Miranda (52kg), que superou a argentina Oritia Gonzalez por ippon na primeira luta. Em seguida, pontuou com dois waza-aris para passar pela portuguesa Joana Ramos e, na semi, projetou a americana Angelica Delgado por ippon para chegar à grande final, onde enfrentará a belga Charline Van Snick, medalhista de bronze em Londres 2012 no peso Ligeiro (48kg). 

O Brasil ainda foi representado por Phelipe Pelim (60kg) na mesma categoria de Kitadai, mas o brasileiro caiu na primeira luta com Sukhrob Boqiev (TJK). 

Veja mais notícias!

imagem da noticia

Equipe jovem do Brasil participa de treinamento na Áustria com elite do Judô mundial

ver completa
imagem da noticia

Rose Volante é a primeira brasileira campeã mundial de Boxe

ver completa
imagem da noticia

CBJ divulga calendário 2018

ver completa
imagem da noticia

CBTKD homologa marcas para 2018

ver completa
imagem da noticia

Comissão de Desportos do Exército convoca atletas do alto rendimento

ver completa
imagem da noticia

Brasil encerra temporada 2017 como segundo melhor país do mundo no ranking da FIJ

ver completa