Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: Alenezi Fawaz/IJF

imagem da noticia

Brasil começa Mundial Juvenil com bronze de Laura Soken e quinto lugar de Rebeka Venceslau

O Judô brasileiro o Campeonato Mundial Sub-18 Almaty 2019 com medalha. A paranaense Laura Soken conquistou o bronze do peso ligeiro (44 kg) ao derrotar a italiana Asia Avanzato com um waza-ari no golden score. O Brasil ainda ficou muito perto de uma dobradinha de bronze no primeiro dia, mas Rebeka Venceslau (40 kg) acabou surpreendida pela cazaque Alima Zhumagaliyeva e terminou em quinto lugar. 

Laura chegou a Almaty como uma das cabeças de chave de sua categoria e estreou com vitória por ippon sobre a indiana Mansi Mansi. 

Nas quartas de final, a brasileira encarou a japonesa Ayuna Miyagi e sofreu seu único revés na competição, tendo que se recuperar na repescagem para manter-se viva na disputa por medalha. 

Diante da judoca de Khalimajon Kurbonova, do Uzbequistão, Laura foi bem e, com vitória por ippon, garantiu-se na disputa pelo bronze, onde derrotou a italiana Avanzato. 

"Essa medalha significa muito para mim. Queria agradecer a Deus, meu sensei, à CBJ e meus amigos. Obrigada a todos", disse Laura. 

A segunda chance de medalha brasileira na quarta foi com a superligeiro Rebeka Venceslau. A judoca de Pernambuco estreou com vitória por ippon sobre a francesa Ghjuliana Ballo, mas parou nas quartas diante da húngara Luca Mamira, que fechou o dia com o ouro. 

Na repescagem, Rebeka superou Paulina Turcan, da Moldávia, com um waza-ari e avançou à disputa pelo bronze. Em luta equilibrada, a brasileira começou mais agressiva e chegou a forçar uma punição em Zhumagaliyeva. A atleta do Cazaquistão, contudo, reagiu e conseguiu projetar a brasileira por ippon a oito segundos do fim do combate para ficar com a medalha de bronze. 

Cauan Mendes (55 kg) e Beatriz Comanche (44 kg) também lutaram nesta quarta no Mundial Juvenil. Cauan estreou com vitória por ippon contra o português Joaquim Rovira, mas caiu nas oitavas para o azeri Shukran Zamanli. 

Já Beatriz, que fez dobradinha com Laura no 44kg, bateu a mongol Nyamkhishig Amarsanaa por ippon, mas levou três punições diante de Anastasiia Balaban, da Bulgária, e também parou nas oitavas.  

SEGUNDO DIA TERÁ QUATRO BRASILEIROS EM AÇÃO

Nesta quinta-feira (26), segundo dia de disputas, o Brasil foi representado por outros quatro judocas: Aléxia Nascimento (48 kg), Caio Kiwada (60 kg), Felipe Lima (60 kg) e Matheus Pereira (66 kg). O país não teve judoca inscrita na classe até 52 kg. 

As preliminares começam à 1h da manhã e as finais serão a partir das 7h da manhã, no horário de Brasília. 

Transmissão ao vivo: live.ijf.org 

Veja mais notícias!

imagem da noticia

AACD recebe homenagem especial na ALESP - Parte 2

ver completa
imagem da noticia

AACD recebe homenagem especial na ALESP - Parte 1

ver completa
imagem da noticia

AACD é homenageada nesta sexta-feira na ALESP

ver completa
imagem da noticia

Palácio dos Esportes de Natal recebe Copa do Brasil

ver completa
imagem da noticia

Willian Lima é campeão mundial júnior em Marraquexe

ver completa
imagem da noticia

Livro Grandes Mestres - especial Américas divulga capa oficial

ver completa