Por Comitê Olímpico do Brasil / Crédito: COB

imagem da noticia

Taekwondo do Brasil faz campanha histórica nos Jogos Pan-Americanos

O Taekwondo brasileiro brilhou nos Jogos Pan-americanos de Lima, no Peru. Na segunda-feira (29), a equipe fechou sua participação no evento esportivo com sete medalhas, em oito possíveis, sendo dois ouros, duas pratas e três bronzes. 

O resultado na capital peruana supera o do Rio de Janeiro, em 2007, quando o Brasil conquistou um ouro, duas pratas e um bronze. Além disso, pela primeira vez o país conquistou duas medalhas douradas numa mesma edição. O ineditismo também foi para o feminino, que nunca havia subido no topo do pódio em Jogos Pan-Americanos.

“Estou muito feliz, o Taekwondo brasileiro está em festa. Os resultados mostram que estamos no caminho certo. Sabíamos do nosso potencial, trabalhamos em conjunto com o Comitê Olímpico do Brasil para buscar isso. Essas conquistas são dos atletas, dos treinadores, da confederação, de todos que torcem. É um resultado construído a muitas mãos”, disse uma emocionada Natalia Falavigna, chefe de equipe da modalidade em Lima.

A primeira medalha de ouro do Taekwondo feminino na história dos Jogos Pan-americanos veio com Milena Titoneli (até 67 kg). Ela começou sua campanha em Lima com vitória sobre a colombiana Katherine Dumar, por 9 a 8, nas quartas de final. Na semifinal, a brasileira derrotou a cubana Arlettys Acosta, por 10 a 5. O ouro veio após o triunfo sobre a americana Paige Mc Pherson, por 9 a 8.

“Eu nem sei explicar, ainda não caiu a ficha. É uma grande conquista, tenho certeza que é a primeira de muitas. Agradeço a todos que estão ao meu redor, essa medalha é minha e de todos que me apoiam”, afirmou a lutadora.

O outro finalista do dia foi Ícaro Miguel (até 80 kg). Ele começou sua campanha nas quartas final derrotando Elvis Barbosa, de Porto Rico, por 21 a 17. Na semifinal, eliminou o dominicano Moises Hernandez, por 8 a 7. Na decisão, acabou derrotado pelo colombiano Miguel Angel Trejos, por 19 a 17. “Estou muito feliz por mais esse feito histórico da equipe de Taekwondo do Brasil. Uma geração vencedora que ainda vai trazer muitas alegrias para o nosso país”, disse.

Nesta segunda-feira, o Brasil ainda conquistou duas medalhas de bronze com Maicon Andrade (acima de 80 kg) e Raiany Fidelis (acima de 67 kg). No domingo (dia 28), Edival Pontes (até 68 kg) havia subido no degrau mais alto do pódio. E no sábado (dia 27), primeiro dia de competição, a equipe brasileira havia conquistado a prata com Talisca Reis (até 49 kg) e o bronze com Paulo Ricardo (até 58 kg).

Veja mais notícias!

imagem da noticia

Homenagem Esportiva 2019 já tem data oficial

ver completa
imagem da noticia

Seleção chega ao Japão para fase final de preparação rumo ao Campeonato Mundial de Tóquio 2019

ver completa
imagem da noticia

Terceira edição do Cidade da Luta, em Curitiba, terá 25 lutas de K1 e MMA

ver completa
imagem da noticia

Brasileiro de Poomsae e ParaTaekwondo são confirmados em São Paulo

ver completa
imagem da noticia

Brasileiro Sub-13 reunirá mais de 360 judocas em Curitiba neste final de semana

ver completa
imagem da noticia

Karate encerra o Pan-Americano 2019 com sete medalhas

ver completa