Por Confederação Brasileira de Taekwondo | Crédito: CBTKD

imagem da noticia

Taekwondo do Brasil fatura mais de 10 medalhas internacionais

Assim como visto em torneios anteriores, o Brasil esteve presente nos pódios das competições de Taekwondo espalhadas pelo mundo nos últimos dias. Desta vez, os taekwondistas conquistaram nove medalhas no aberto da Espanha e duas no aberto do México. Além das duas garantidas anteriormente pelo Parataekwondo, também no evento mexicano.

Os destaques ficaram com os títulos de Ícaro Miguel, na categoria até 87 kg, e Caroline Santos entre atletas com até 62 kg, ambos conquistados no evento espanhol.

Até chegar ao título, Ícaro Miguel, atual décimo colocado no ranking mundial, venceu seus três confrontos. Na decisão, o brasileiro derrotou Hasan Lazoglu, da Turquia, por 13 a 6.

Caroline Santos garantiu o título entre as mulheres, vencendo todos os quatro confrontos. Antes, enfrentou a compatriota Barbara Dias, nas quartas de final. Na decisão, derrotou a turca Ikra Kayir, sem grandes dificuldades, pelo placar de 9 a 1.

A medalha de prata veio com Patrick Cardoso, na categoria até 80 quilos, que não levou a melhor ao enfrentar o espanhol Ruben Martinez na decisão (17 a 5). Nesta categoria o Brasil contou com dois representantes no pódio, porque David Silva garantiu o bronze.

Patrick está em seu primeiro ano na categoria adulta, após conquistar a medalha de bronze no mundial da categoria júnior, disputado em Hammamet, em 2018.

A medalha de prata do João Victor Diniz veio na categoria até 63 kg, mas do torneio do México. Após vencer os dois primeiros combates,  encarou Luis Pie, da República Dominicana (10 a 5). Com apenas 18 anos e em seu primeiro ano como titular da equipe brasileira, o atleta repetiu no México a colocação conquistada no início de março, no aberto da Bélgica.

Encerrando as conquistas do Brasil no México, Robson Henrique do Carmo levou o bronze na categoria pesada, acima de 87 kg. Robson não venceu o mexicano Carlos Sansores (13 a 5) e garantiu o bronze. Antes disto, o Brasil conquistou mais um ouro e um bronze com Débora Menezes e Cristhiane Neves, pelo Parataekwondo.

Voltando para Espanha, mais três medalhas de prata vieram com as representantes do time feminino Dangela Guimarães, até 46 kg, Milena Titoneli, até 67 kg, e Rafaela Araújo, até 57 kg. 

Rafaela e Milena conquistaram a segunda medalha consecutiva em dois finais de semana. Na semana anterior, Rafaela garantiu o ouro e Milena a prata no President’s Cup, realizado no Marrocos.

No aberto espanhol, as brasileiras não derrotaram as turcas Filiz Ogel, Nur Tatar e Hatice Kubra Ilgun, respectivamente. Encerrando a campanha, mais dois taekwondistas do Brasil levaram o país ao terceiro degrau do pódio: Raphaella Galacho, até 73 kg, e Guilherme Félix, acima de 87 kg.

Veja mais notícias!

imagem da noticia

Taekwondo voltará aos Jogos Escolares na edição de Blumenau

ver completa
imagem da noticia

Revista especial sobre a Escola Shinshukan completa sete anos

ver completa
imagem da noticia

Mayra Aguiar bate japonesa na final e é campeã do Grand Prix de Budapeste

ver completa
imagem da noticia

Caraguatatuba, no Litoral Norte do Estado de São Paulo, sedia o Campeonato Paulista da Liga Sanda Brasil

ver completa
imagem da noticia

Sensei Edevanir divulga livro “Samurai: aquele que serve” no Fight Friends BJJ

ver completa
imagem da noticia

Sensei Edevanir lança o livro “Samurai: aquele que serve” no Fight Friends BJJ

ver completa