Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: CBJ

imagem da noticia

Seleção brasileira despede-se de 2018 em duelo com o Japão no Desafio Internacional de Judô

Depois das três medalhas conquistadas no World Masters da China no último final de semana, o Judô brasileiro retornará ao tatame nesta semana para despedir-se de 2018 bem perto da torcida. Isso porque a equipe do Brasil, liderada pela campeã olímpica Rafaela Silva, enfrentará, a partir de hoje (20) e até 21 de dezembro, a seleção do Japão no Desafio Internacional de Judô, evento amistoso realizado pela Confederação Brasileira de Judô em parceria com o Bradesco, patrocinador master do judô brasileiro.   

Para a última competição do ano, a seleção brasileira foi escalada com David Lima (73 kg), Eduardo Katsuhiro Barbosa (73 kg), Giovanni Ferreira (90 kg) e Leonardo Gonçalves (+90 kg), no masculino, e com Rafaela Silva (57 kg), Maria Portela (70 kg), Beatriz Souza (+70 kg) e a baiana Vitória Ribeiro (70 kg), de 20 anos, estreante em competições com a seleção. 

"Estou bastante ansiosa para lutar. Todo mundo botando força. É um orgulho muito grande para mim poder representar a Bahia e o Brasil nesse Desafio", disse a judoca, que é natural de Camaçari e substituirá Maria Portela no segundo dia do Desafio.

Do lado japonês a equipe será formada pelos judocas Kana Suzuki (57 kg), Sae Tasaka (70 kg), Etani Tomoni (+70 kg), Mitsui Daiki (73 kg), Yuya Sato (73 kg), Jumpei Igarashi (90 kg) e Koitaro Matsutani (+90 kg) sob o comando da técnica Shinobu Toshito. 

"Uma coisa é lutar bem com japoneses, outra coisa é vencer japoneses. Então, acho que esse Desafio vai ser bom para tentarmos achar um caminho para ganharmos dos japoneses", avalia o peso leve brasileiro Eduardo Katsuhiro, que morou no Japão dos três aos 17 anos e conhece bem o estilo do Judô japonês. "Minha família foi para trabalhar em Hamamatsu. Minha infância e minha adolescência foram lá, então, minha base no Judô vem do Japão. Isso me ajuda bastante nos confrontos com judocas do Japão."

O palco do duelo será o ginásio do Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas, na Bahia. A delegação japonesa e parte da seleção brasileira já estão concentrados no município baiano realizando os últimos treinos antes do Desafio.  

Nesta segunda, eles participaram de um treinamento no CPJ que contou com a presença de aproximadamente 30 judocas de sete estados nordestinos. Atletas do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia vieram a Lauro de Freitas em busca do intercâmbio com os atletas japoneses e com a seleção principal do Brasil. 

O primeiro confronto do Desafio Internacional será nesta quinta-feira, 20, às 18h (horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo na TV pelo canal ESPN. O segundo duelo será na sexta, 21, no mesmo horário, tendo transmissão ao vivo tanto pela ESPN, quanto pelo SporTV. Serão sete lutas no confronto entre as equipes mistas (masculino e feminino) e quem conseguir vencer a maioria dos combates será o campeão.

Veja mais notícias!

imagem da noticia

Paulo Bartolo lança o livro “Karate-Do: as lições que aprendi com sensei Sasaki” no sábado

ver completa
imagem da noticia

Woo Jae Lee lançará maior livro de Defesa Pessoal no Brasil com a participação de diversas modalidades

ver completa
imagem da noticia

Copa São Paulo de Judo 2019 atrai mais de 2 mil atletas

ver completa
imagem da noticia

Yoshizo Machida leva multidão ao Clube dos Sargentos e Tenentes do Exército, em Campinas - PARTE 2

ver completa
imagem da noticia

Yoshizo Machida leva multidão ao Clube dos Sargentos e Tenentes do Exército, em Campinas - PARTE 1

ver completa
imagem da noticia

Seleção chega à Rússia para a disputa do Grand Slam de Ecaterimburgo

ver completa