Por Girliani Martins | Créditos: Alan Emerson

imagem da noticia

Lançamento do livro Grandes Mestres -10ª edição recebe nomes de expressão no Clube dos Ingleses, em Santos

Com 127 anos de existência, o Clube dos Ingleses, em Santos, foi palco na última quinta-feira (18), do lançamento da 10ª edição do livro Grandes Mestres (Bueno Editora). Referência em arte marcial no Brasil, a publicação comemorativa enaltece a história das modalidades e de seus pioneiros, o caráter filosófico e pedagógico, além de biografias de professores e mestres marciais.

O lançamento oficial aconteceu em 29 de setembro, na Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP), com a presença de mais de 600 convidados. Desde então, a obra tem sido divulgada em vários estados e cidades. Em Santos, por exemplo, um grande celeiro esportivo, reuniu profissionais renomados da área, como os senseis Luiz Fernando Martins Aquino, José Gomes Medeiros e Ricardo Silva (Judô), o bicampeão pan-americano Fábio Goulart e os mestres Murilo Goulart Puppetto e Anassiel Kin (Taekwondo), o kyoshi e membro da diretoria da Escola Shinshukan, Rogério Wong (Karate), o shifu Marcus Vinicius (Kung Fu), o presidente da Seitokan do Brasil, Walter Menezes, o mestre Gilberto de Abreu (Muay Thai), de Porto Alegre, entre outros.

Image

Para o sensei José Gomes Medeiros, o projeto proporciona visibilidade e reconhecimento a todas as artes marciais. “É um trabalho de um valor imensurável, que está alavancando todas as modalidades, sem distinção de estilo. No Brasil, não existe nenhum projeto similar a este”, analisa.

O professor Luiz Fernando Martins Aquino, que ministra aulas de Judô no Colégio Jean Piaget, em Santos, considera o livro um incentivo para educadores do país inteiro. “Fiquei muito orgulhoso por integrar esta edição histórica de 10 anos. Meu foco é a formação integral, nunca foi a competição. Sendo assim, este livro é um incentivo para continuarmos fazendo nosso trabalho com dedicação e amor, já que nosso nome fica eternizado”, explica.

Image

Segundo o santista e bicampeão pan-americano de Taekwondo, Fábio Goulart, o projeto está em sua melhor fase. “Uma carreira não é feita somente de medalhas ou troféus. Você precisa investir na carreira. O livro Grandes Mestres está completamente consolidado, portanto, é o momento ideal para o educador divulgar seu trabalho, isto é, ganhar destaque no cenário”, disse.

Em sua estreia na publicação, o mestre Murilo Goulart Puppetto ressaltou o papel que o livro Grandes Mestres exerce na divulgação de trajetórias. “Antes deste título, as artes marciais não tinham uma divulgação específica. Esta obra vem para agregar bastante ao universo das artes marciais, não só para o Taekwondo, mas para todas as vertentes. Eu sempre acompanhei a história do livro e foi uma honra participar da edição de 10 anos”, comenta.

Image

Tradição

Vindo de Porto Alegre para o lançamento, o mestre em Muay Thai Gilberto de Abreu elogiou o propósito do autor de registrar legados. “Quero parabenizar ao Fábio Bueno, à Bueno Editora e aos demais envolvidos por resgatar valores marciais e por nos dar a oportunidade de apresentar a nossa biografia para tantas pessoas”, disse.

De acordo com o autor Fábio Amador Bueno, um dos pilares da edição é promover o reconhecimento dos profissionais, uma vez que carecem de apoio e incentivo. “Eu fico muito feliz quando algum professor ou mestre informa que após a participação, está colhendo bons frutos. Isto reitera que estamos no caminho certo. Ano que vem, teremos mais um volume especial”, anuncia.

O shifu Marcus Vinicius, do Kung Fu, ressalta que esta valorização fez com que professores e mestres buscassem o aprimoramento. “À medida em que a obra nos torna mais conhecidos, o educador busca se aperfeiçoar para levar um conteúdo enriquecedor aos alunos”, avalia.

Durante o lançamento, os convidados puderam prestigiar também outros títulos da Bueno Editora e rever nomes relevantes das artes marciais na Baixada Santista, entre eles, o kyoshi e representante da Escola Shinshukan, Rogério Wong. Acompanhado da família, o sensei fez questão de mencionar o viés histórico do livro Grandes Mestres, principalmente, por resgatar a filosofia dos pioneiros. “Um dos ícones citados é o meu mestre e mentor, Yoshihide Shinzato, que chegou em nosso país na década de 50 e transformou a arte das mãos vazias. Tive o prazer de conhecê-lo e tornar-se o seu discípulo, em virtude de meus pais, Wong Wing Sen e Eng Ron Sil Wong (in memoriam), que me levaram até a sua academia. Minha missão é eternizar o legado de mestre Shinzato e da Shinshukan”.

O livro Grandes Mestres circula em todo o Brasil e em mais de 20 países. A próxima edição já foi anunciada e será lançada em 2019. Os interessados em ter seu legado registrado, podem entrar em contato com o editor Fábio Amador Bueno, via WhatsApp (13) 99973 1596 ou e-mail contato@buenoeditora.com.br.

Adquira o livro na Bueno Shop. Veja mais fotos no Facebook.

Veja mais notícias!

imagem da noticia

III Copa Filhos do Tigre mostra o crescimento das artes marciais chinesas no Brasil - Resultados

ver completa
imagem da noticia

III Copa Filhos do Tigre mostra o crescimento das artes marciais chinesas no Brasil - Parte 3

ver completa
imagem da noticia

III Copa Filhos do Tigre mostra o crescimento das artes marciais chinesas no Brasil - Parte 2

ver completa
imagem da noticia

III Copa Filhos do Tigre mostra o crescimento das artes marciais chinesas no Brasil - Parte 1

ver completa
imagem da noticia

Vinicius Figueira se sagra vice-campeão mundial de Karate

ver completa
imagem da noticia

Campeonato Paulistano de Karate ocorre neste sábado, em São Paulo

ver completa