Por Girliani Martins | Créditos: Alan Emerson

imagem da noticia

Filme sobre Éder Jofre resgata legado de um dos maiores lutadores do mundo

Se para você 10 segundos não fazem qualquer diferença, para um atleta, este tempo pode ser um "divisor de águas" na carreira. Em “10 Segundos para Vencer”, lançado ontem (03), no Cine Roxy 4, em Santos, o espectador é convidado a conhecer a trajetória de Éder Jofre, considerado um dos 10 maiores lutadores de Boxe do mundo, ao lado de Muhammad Ali e de outras feras.

No longa, o “Galinho de Ouro” é interpretado por Daniel Oliveira, enquanto o pai de Éder, Kid Jofre, é vivido pelo veterano Osmar Prado. A sessão especial em Santos contou com a presença do lutador, da campeã mundial de Boxe, Rose Volante, do diretor-presidente do Grupo Memorial, Pepe Altstut, de familiares do pugilista, incluindo a filha Andrea Jofre, entre outros.

A trama exibe momentos marcantes da carreira do atleta, como a conquista do título mundial peso galo, em 1960, nos EUA, diante do favorito Eloy Sanchez, do México, no Olympic Auditorium, e a luta com o cubano José Legrá, na categoria dos penas, que lhe rendeu mais um cinturão mundial, desta vez, em 1973, após 15 rounds.

Image

Ao longo da trajetória, Éder Jofre teve o acompanhamento e o olhar atento do pai, seu grande herói. Mais que relatar uma grande história, o trabalho do diretor José Alvarenga Júnior resgata o legado do maior nome do Boxe brasileiro.

Para a campeã mundial Rose Volante, o filme é uma inspiração para quem ama o Boxe e o esporte em geral. “Ele (Éder Jofre) foi o maior lutador que nós tivemos e a sua vida merecia estar nas telonas do Brasil. É um atleta que jamais deve ser esquecido”, disse.

diretor-presidente do Grupo Memorial e incentivador do Boxe nacional, Pepe Altstut, avalia o filme como um legado para as próximas gerações. “O Éder Jofre é considerado o principal pugilista do Brasil na categoria peso galo. Sua história de dedicação e amor ao esporte é um orgulho para o Brasil”, fala.

Image

Mesmo tendo acompanhado outras sessões ao lado do patriarca, Andrea Jofre não escondeu a emoção. “Toda vez que assistir vou me emocionar. É um filme de superação e dedicação de quem buscou ser um verdadeiro campeão”, fala.

Em cada cena de luta, o público aplaudia e tentava conter as lágrimas. Mas não teve jeito, diferentemente do que aconteceu com o ícone, desabou e foi à lona.

Onde assistir

Em Santos, “10 Segundos para Vencer” está em cartaz no Cine Roxy 4 (Shopping Pátio Iporanga), com sessões diárias às 19h15, e também no Espaço de Cinema Miramar, às 16h10.

Assista ao trailer no Youtube


 

Veja mais notícias!

imagem da noticia

Você sabe o que é o Budô?

ver completa
imagem da noticia

Judô brasileiro encerra temporada 2018 com três pódios no World Masters

ver completa
imagem da noticia

Em São Paulo, Branco Zanol lança livro sobre metodologia infantil no Judô

ver completa
imagem da noticia

F.P.Judô organiza Cerimônia de Reconhecimento aos Judocas Destaque da Classe Veteranos 2018

ver completa
imagem da noticia

Academia Resistência de Karate, do sensei Paulo Bartolo, realiza 100º exame de graduação

ver completa
imagem da noticia

Oh Hyun Deuk, presidente do Kukkiwon, é preso

ver completa