Por Girliani Martins / Créditos: Alan Emerson

imagem da noticia

Lançamento do livro Grandes Mestres – 10ª edição entra para a história das artes marciais - Parte 1

O dia 29 de setembro de 2018 entrou para a história das artes marciais ao celebrar o lançamento da 10ª edição do livro Grandes Mestres na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP).

Vindos do Norte ao Sul do Brasil, os participantes da obra lotaram as dependências da ALESP, principalmente o auditório Franco Motoro, palco de grandes homenagens. A solenidade também recebeu pioneiros como Woo-Jae Lee (Taekwondo no Rio de Janeiro), Park Sung Jae (Hapkido Moderno), Hong Soon Kang (Taekwondo e Hapkido no Paraná), Carlos Silva (Kickboxing na Paraíba), o medalhista olímpico Luiz Onmura, o bicampeão pan-americano de Taekwondo, Fábio Goulart, os incentivadores esportivos Daniel Lucena e Luiz Carlos Gondim, entre outros.

A Bueno Editora, organizadora do evento, preparou uma série de atividades para professores e mestres lapidarem o conhecimento marcial. Logo no início, eles puderam prestigiar várias palestras, incluindo sobre Artes Marciais no Cinema (Gutemberg Lins), Medicina Oriental e as Artes Marciais (Joji Enomóto), A conduta de um sensei (Rogério Wong), Coaching Esportivo (Marcelo Caldas), Acupuntura Auricular (Alex Raspa) e Taekwondo Marcial (Woo-Jae Lee).

Image

O grão-mestre Woo-Jae Lee classificou a cerimônia como grandiosa, pois fortaleceu as artes marciais. “A proposta do livro Grandes Mestres é promover a união entre nós, professores e mestres, por meio da disciplina, da educação e da promoção do conhecimento. Sem dúvidas, este evento simbolizou esta valiosa missão ”, disse.

O criador do Hapkido Esportivo, Hong Soon Kang, que veio do Paraná para o lançamento, afirmou que a obra reconhece e divulga com maestria o caminho percorrido pelos educadores, tirando muitos deles do anonimato. “É um trabalho, acima de tudo, de valorização profissional e visibilidade nacional”.

Image

Valorização

Ao longo de 10 anos, o projeto Grandes Mestres, escrito por Fábio Amador Bueno, relatou mais de mil biografias de profissionais marciais, além de resgatar a filosofia e a tradição dos precursores. E é claro, que no lançamento esta característica não poderia faltar. A prova disso foi a exposição feita pelo GM Park Sung Jae, que esboçou a trajetória do Hapkido no Brasil.

Mestre Park foi um dos primeiros a chegar ao país na década de 70 para disseminar esta vertente. Segundo ele, a exposição foi uma ótima oportunidade para que as pessoas pudessem conhecer melhor sua caminhada. “Agradeço ao autor Fábio Amador Bueno pelo convite e também por acreditar na força das artes marciais”, pontua.

Antes das homenagens, o hall monumental da ALESP atraiu muitos olhares com uma demonstração inédita de Combate Medieval, feita por Fábio Toniolo Silvério, Raphael Silva,Tiago Danieli Vaz e demais integrantes.

Image

Veja mais notícias!

imagem da noticia

Você sabe o que é o Budô?

ver completa
imagem da noticia

Judô brasileiro encerra temporada 2018 com três pódios no World Masters

ver completa
imagem da noticia

Em São Paulo, Branco Zanol lança livro sobre metodologia infantil no Judô

ver completa
imagem da noticia

F.P.Judô organiza Cerimônia de Reconhecimento aos Judocas Destaque da Classe Veteranos 2018

ver completa
imagem da noticia

Academia Resistência de Karate, do sensei Paulo Bartolo, realiza 100º exame de graduação

ver completa
imagem da noticia

Oh Hyun Deuk, presidente do Kukkiwon, é preso

ver completa