Desde criança tinha grande admiração pelas artes marciais. Aos 12 anos, já trabalhava para comprar livros sobre o tema e pagar sua mensalidade na academia. Entrou neste universo por meio do Kung Fu, na década de 1980, praticando por seis anos. O Taekwondo veio logo em seguida. Conquistou a faixa preta na década de 1990, com o mestre Paulo Ribeiro. Se aperfeiçoou com os mestres Alexandre Gomes, Carlos Negrão, Hong Soon Kang e Yo Jim Kim. Foi o pioneiro do Taekwondo na cidade de Vacaria/ RS, onde começou a ministrar aulas na academia Corpo Livre. Anos depois, acabou adquirindo o espaço. Nesta academia ele dá aulas de Muay Thai e Taekwondo, e é personal trainer. O educador criou o projeto “Chute às Drogas” em Vacaria, com o apoio do governo Estadual. Além de ter participado por alguns anos do “Mais Educação” nas escolas. Tinha uma média de 300 alunos que treinavam Taekwondo através deste projeto que era custeado pelo governo. Nele, o aluno recebia um dobok e as refeições do dia. Atuou como presidente da Associação Riograndense de Taekwondo WTF, ativa desde 1995. Hoje, é o vice-presidente. Sempre teve o apoio da esposa, Andréa Baldin. Juntos, conseguiram alcançar muitos objetivos. “Temos três filhos já adultos, estudantes de Odontologia e mestres em Taekwondo. Peterson, Ingrid e Thales. Quando não estão na faculdade, administram aulas desta arte marcial em Torres e Passo de Torres”, fala. Nas horas de folga da academia, mestre Tito trabalha em um salão de cabeleireiro com o pai.

Fechar Menu