Por Confederação Brasileira de Taekwondo | Crédito: Fábio Bueno

 

Na tarde de ontem (07), as emoções foram intensas na Arena Santos, local da I Seletiva Olímpica Fechada do Taekwondo, com o objetivo de formar a Seleção que representará o Brasil nos Jogos Rio 2016.

Os três melhores atletas de cada categoria em disputa (feminino -49kg e -57kg e masculino -58kg e +80kg) carimbaram o passaporte para a II Seletiva Olímpica Fechada,  que definirá a Seleção Olímpica para os Jogos. Este segundo evento está agendado para o dia 14 de fevereiro, no Rio de Janeiro.

Se na quadra as lutas foram tensas, na arquibancada o clima era de alegria. Leonardo Moraes, atleta da casa que disputou na categoria -58kg, aproveitou a força da torcida e salientou que ela fez toda a diferença. “Foi um campeonato muito bom, onde tive o privilégio de lutar em casa, com os amigos, a família e os parentes torcendo. Agradeço muito à Confederação por realizar esse evento, ainda mais em Santos. Depende muito de cada atleta, mas para mim a torcida me ajudou muito. Acho isso super importante e é sempre uma motivação a mais. A torcida te empurra, então, também agradeço a todos os que vieram para me apoiar”, declara.

Na categoria -57kg, Julia Vasconcelos, que conquistou a vaga para a segunda Seletiva, comparou a competição ao Campeonato Mundial. "Foi um ritmo de Mundial, porque nele você faz seis ou até sete lutas para ser campeão. O nível aqui estava fortíssimo, com atletas de muita expressão, portanto, agora vamos nos preparar para fevereiro, que vai ser mais difícil ainda. Trabalhamos todos os dias, mas o trabalho não pode terminar aqui. Agora vamos focar para o próximo passo, que é a segunda Seletiva", disse.

O presidente da Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD), Carlos Fernandes, esteve no evento e comentou que o nível dos atletas é uma espécie de termômetro olímpico . “As lutas foram bem acirradas. É um momento único representar o país dentro de casa, nos Jogos Olímpicos. Não sabemos quando vai voltar a acontecer isso, por isso está todo mundo bem focado e determinado. Vemos que aconteceram algumas alternâncias, de alguns favoritos que foram surpreendidos, mas isso é bom, porque o nível competitivo aumenta. Isso é que é importante, pois os nossos adversários não vão facilitar para nós. Teremos de estar muito preparados”, declara.

A I Seletiva Olímpica Fechada do Taekwondo ganhou destaque em vários veículos, incluindo Globo Esporte, Sportv, Portal Terra, Jornal A Tribuna, entre outros.

 Classificados na I Seletiva Olímpica Fechada

Feminino -49kg: 1º Natalia Diniz (SP); 2º Talisca Reis (PR);

Feminino -57kg: 1ºRafaela Araujo (SP); 2ºJulia Vasconcelos (SP); 3ºTalita Djalma (SP) ;

Masculino -58kg: 1º João Miguel Neto (PR); 2º Leonardo Moraes (SP); 3º Venilton Teixeira (AP)

Masculino +80kg: 1º André Bilia (SP); 2º Maicon Siqueira (SP) ; 3º Guilherme Felix (SP)

Veja mais fotos

Facebook CBTKD: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1113277892029977.1073741929.232624043428704&type=3

Facebook da revista Master: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.727840683982074.1073741873.394270357339110&type=3

 

Fechar Menu