Por Girliani Martins

 

Em 14 de fevereiro, no Rio de Janeiro, os taekwondistas brasileiros participarão da segunda Seletiva Olímpica Fechada da CBTKD. Entre os classificados, está o santista Leonardo Moraes, titular da seleção brasileira na categoria -58kg.

Em entrevista exclusiva à revista Master, o jovem contou que mesmo com a pressão em disputar uma edição olímpica no Brasil, está seguro, pois até o evento, serão feitos muitos campings e campeonatos.

MASTER: Na seletiva realizada em Santos no início deste ano, você ficou entre os três primeiros colocados. O que está por vir?

LEONARDO MORAES: Na segunda Seletiva Olímpica, sairão o primeiro e o segundo colocado, ou seja, o titular e o reserva, mas isso não garante a vaga para os Jogos Rio 2016. Depois dessa seletiva, serão feitos campings e viagens com o propósito de avaliar melhor os atletas.

MASTER: Como se sente em estar entre os três melhores do país?

LEONARDO MORAES: É muito gratificante e uma responsabilidade muito grande também. Mas me sinto preparado e capaz. Espero conquistar a vaga.

MASTER: O que muda quando você pisa no tatame agora?

LEONARDO MORAES: Não muda muita coisa, pois sempre entrei no tatame da mesma forma, com muita garra e confiança, e bastante focado. O que tem agora é mais visibilidade, somos observados por tudo e todos, e isso gera uma tensão e uma pressão ainda maior.

Fechar Menu