Por Girliani Martins | Crédito: Arquivo Pessoal- Julia Vasconcelos

 

A campeã pan-americana de Taekwondo, medalhista de bronze do Mundial Militar e recentemente do US Open, Julia Vasconcelos, de 23 anos,  é uma das apostas para os Jogos Rio 2016.

Embora ainda não tenha garantido a vaga, a paulista ficou em segundo lugar (categoria até 57kg) na primeira Seletiva Fechada, realizada em janeiro, na cidade de Santos.  Agora, ela quer a vaga de titular.

Em entrevista exclusiva à Master, Julia enalteceu sua equipe técnica e o trabalho da Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD).

MASTER: Em sua página no Facebook, costuma atribuir as conquistas à equipe. Na última seletiva, qual foi o papel dela?

JULIA VASCONCELOS: Eu costumo dizer que sozinho ninguém chega a lugar algum. Por trás de mim e de minha preparação, existe uma equipe técnica muito competente que trabalha noite e dia para fazer tudo funcionar da melhor forma possível. Eu conto com treinador, auxiliar técnico, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta, quiropraxista, preparador físico e ainda com parceiros de treino, que me motivam diariamente,  mesmo quando estou extremamente cansada fisicamente e psicologicamente. Eu devo todas as minhas conquistas a cada membro da minha equipe. A vitória pertence a cada um deles.

MASTER: O que falta de vez para garantir a vaga olímpica?

JULIA VASCONCELOS: O que falta para garantir a vaga olímpica é simplesmente esperar a hora chegar. Estamos prontos.

MASTER: Como avalia o plano técnico da CBTKD para que os atletas façam a melhor atuação nos Jogos Rio 2016?

JULIA VASCONCELOS: A CBTKD vem agindo com muita flexibilidade. Ela sabe que cada atleta se prepara em sua respectiva cidade, então, nos deixa trabalhar livremente, sem nos preocupar com fatores externos.