Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: FIJ

 

Na tarde desta sexta-feira (19), Rafaela Silva (57kg) está garantida na disputa do bronze no bloco final do forte Grand Prix de Dusseldorf.

A atleta do Instituto Reação luta com Chen-Ling Lien, de Taipei, por uma vaga no pódio. O bloco final será disputado a partir das 14h, no horário de Brasília, e os canais SporTV e Esporte Interativo transmitem ao vivo. 

Para chegar à disputa de medalhas, Rafaela precisou fazer quatro lutas. A campeã mundial de 2013 começou a competição arrasadora, vencendo suas duas primeiras lutas, contra Manon Durbach, de Luxemburgo, e Miryam Roper, da Alemanha, por ippon. Nas quartas de final foi superada pela japonesa Kaori Matsumoto, atual campeã olímpica, apenas por ter sofrida uma punição por falta de combatividade. Na repescagem, conseguiu dois yukos sobre Camila Minakawa, brasileira que defende as cores de Israel, e se garantiu no confronto pelo bronze.

Os outros judocas q que competiram hoje não conseguiram chegar ao bloco final. Quem chegou mais perto foi Érika Miranda que teve duas lutas duras logo no começo do Grand Prix. Contra a mexicana Luz Olvera, a luta terminou o tempo normal (quatro minutos) empatada sem nenhuma pontuação ou punição. Mas no golden score, com um minuto e 22 segundos de luta, Érika conseguiu um wazari e avançou para as quartas de final contra Ai Shishime (JPN). Em busca de uma vaga na semifinal, a medalhista de bronze do Mundial Astana 2015 foi punida duas vezes contra apenas uma da japonesa e foi para a repescagem contra Bundmaa Munkhbaatar que conseguiu imobilizar a brasileira até o ippon. Desse jeito, Érika Miranda terminou na quinta colocação na primeira competição dela no ano.

O meio leve Charles Chibana (66kg) começou o GP com vitória por ippon contra o mongol Batsuuri Adiya mas na segunda rodada foi superado pelo georgiano Beka Shavdatuashvili por waza-ari. Os ligeiros Nathália Brigida e Eric Takabatake foram derrotados por Laetitia Payet (FRA) e Bekir Ozlu (TUR), respectivamente, em suas estreias na competição alemã.

Outros cinco brasileiros lutarão no sábado: Ketleyn Quadros e Mariana Silva, no meio-médio (63kg), Maria Portela, no médio (70kg), Marcelo Contini, no leve (73kg) e Leandro Guilheiro no meio-médio masculino (81kg). Maria Suelen Altheman (+78kg), Tiago Camilo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Silva (+100kg) encerram a participação brasileira no domingo, último dia de competições.