Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: CBJ

 

A peso-médio Maria Portela garantiu mais uma medalha para o Brasil no Grand Prix de Havana no último sábado, 23 de janeiro.

A judoca conquistou o bronze ao superar a croata Barbara Matic, que não se apresentou para o confronto. Esta foi a quarta vez que os brasileiros chegaram ao pódio. No primeiro dia de disputas, Sarah Menezes e Eric Takabatake ganharam o ouro, enquanto Rafaela Silva ficou com o bronze. 

No domingo, 24, os pesados Maria Suelen Altheman e Rafael Silva encerraram a participação brasileira na primeira competição do ano. 

Portela estreou com vitória por wazari sobre a venezuelana Elvismar Rodriguez nas oitavas. A única derrota da brasileira na competição veio contra a francesa Marie-Ève Gahie nas quartas por imobilização. A recuperação na repescagem veio em grande estilo, com um ippon sobre Irina Gazieva (RUS). A russa foi uma das atletas com quem a brasileira treinou em Pindamonhangaba.

Além dela, outros três brasileiros lutaram no sábado. Alex Pombo, que voltava de lesão depois de seis meses parado, conseguiu passar pelo canadense Arthur Margelidon na estreia com um estrangulamento, mas caiu para o ippon de Emmanuel Nartey, de Gana.

Leandro Guilheiro (81kg) e Mariana Silva (63kg) acabaram derrotados em seus primeiros combates contra Travis Stevens (USA) e Maricet Espinosa (CUB), respectivamente. Guilheiro foi desclassificado por catada de perna e Mariana sofreu o ippon da cubana. 

Fechar Menu