Por Confederação Brasileira de Judô | Foto: FIJ

 

Em ano olímpico, as competições do Circuito Internacional não param. Depois de um Treinamento de Campo Internacional de 10 dias em Pindamonhangaba, das disputas do Grand Prix de Havana, do Aberto Europeu de Sofia e de um grande desempenho no Grand Slam de Paris com cinco medalhas, sendo dois bronzes no primeiro dia e um ouro e dois bronzes no último domingo, os brasileiros desembarcaram na Áustria e na Itália para a disputa de dois Abertos Europeus. Os homens lutam em Oberwart, enquanto as mulheres competem em Roma. Os três dias de Treinamento de Campo depois da disputa na França foram importantes na preparação para as competições

“O nível do treinamento estava muito alto. Como os Abertos são competições que não distribuem muitos pontos para o ranking mundial, a minha expectativa é colocar o que treinei em prática, fazer uma boa competição e analisar a minha evolução”, disse Rafaela Silva (57kg), que já conquistou o ouro da competição em 2014 e procura manter a boa fase depois dos bronzes no Grand Prix de Havana e no Grand Slam de Paris.

Além dela, Nathália Brigida (48kg), Mariana Silva (63kg) e Ketleyn Quadros (63kg) lutam nos tatames do Sportshall Palapellicone no sábado, dia 13 de fevereiro. No dia seguinte, Maria Portela (70kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg) encerram a participação do Brasil na competição italiana. Já no Sporthalle Oberwart, os primeiros brasileiros a competir serão Felipe Kitadai (60kg), Eric Takabatake (60kg), Charles Chibana (66kg), Alex Pombo (73kg) e Marcelo Contini (73kg). No domingo, 14 de fevereiro, a competição austríaca terá Leandro Guilheiro (81kg), Tiago Camilo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Silva (+100kg). Esta será a primeira competição de alguns atletas que continuarão o giro pela Europa no Grand Prix de Dusseldorf, nos dias 20 e 21 de fevereiro.

“Trabalhei muito durante o período em que não estava competindo e estou me sentindo preparado. Que venham as medalhas”, disse Marcelo Contini, um dos estreantes ao lado de Nathália Brigida, Ketleyn Quadros, Tiago Camilo e Rafael Buzacarini.

O sorteio de ambas as competições será realizado nesta sexta-feira, às 17 horas. As eliminatórias serão disputadas a partir das 7h e o bloco final a partir das 13h, horário de Brasília. A diferença é que em Roma a primeira fase vai até as semifinais, já em Oberwart se encerra nas quartas de final.

Em 2015, o Brasil não disputou essas competições. Já em 2014, as judocas do país conquistaram três medalhas no Aberto Europeu de Roma: ouro com Rafaela Silva, prata com Mariana Silva e bronze com Maria Suelen Altheman. Já no Aberto Europeu de Oberwart, os homens conquistaram uma medalha a mais: ouro com Luciano Correa, prata com Felipe Kitadai e bronzes com Alex Pombo e Diego Santos. 

Fechar Menu