Judô brasileiro mantém sequência de pódios e conquista sete medalhas nos Abertos Europeus

Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: Roland Marx/EJU

O Judô brasileiro teve mais um final de semana de pódios no Circuito Mundial, conquistando sete medalhas nos Abertos Europeus preparatórios para o Grand Slam de Dusseldorf. No total, foram quatro ouros, uma prata e dois bronzes nas disputas de sábado e domingo, em Oberwart e na Bratislava.  

No sábado (15), a seleção feminina arrematou cinco pódios no Aberto da Bratislava, na Eslováquia. Destaque para os três ouros conquistados por Ketelyn Nascimento (57 kg), Ketleyn Quadros (63 kg) e Maria Suelen Altheman (+78 kg). Gabriela Chibana (48 kg) e Maria Portela (79 kg) ficaram em terceiro lugar.  

Brasileiros dominaram meio-pesados em Oberwart.

As duas medalhas da equipe masculina no Aberto de Oberwart, na Áustria, vieram neste domingo (16), com direito a dobradinha no meio-pesado (100 kg). Leonardo Gonçalves e Rafael Buzacarini venceram todos os adversários nas preliminares e se enfrentaram pelo título da competição. Com duas projeções por wazari, Léo conseguiu o ippon e o ouro de Oberwart.  

Os Abertos continentais, na hierarquia dos pontos do Ranking Mundial, são as competições que distribuem a menor quantidade de pontos. Mas, no planejamento da seleção, eles funcionam como preparação para etapas mais importantes, como os Grand Slam, que distribuem até mil pontos no Ranking e reúnem os principais atletas do mundo.  

Assim como Sófia e Odivelas serviram de preparação para o Grand Slam de Paris, onde Larissa Pimenta e Beatriz Souza foram bronze, os Abertos de Oberwart e Bratislava serviram como preparação e adaptação ao fuso-horário da equipe que disputará o Grand Slam de Düsseldorf, no próximo final de semana.  

Início de temporada com 18 pódios em seis competições 

Este é o quarto final de semana seguido de competição para a seleção brasileira de Judô neste início de temporada 2020. Em menos de dois meses de disputas, a equipe esteve em seis eventos do Circuito Mundial, conquistando medalhas em todas elas. Foram 18 pódios brasileiros, sendo seis ouros, duas pratas e 10 bronzes.  

A equipe masculina conquistou nove medalhas (dois ouros, duas pratas e cinco bronzes), assim como a equipe feminina (quatro ouros e cinco bronzes).  

O Grand Slam de Düsseldorf, disputado nos dias 21, 22 e 23, fecha o calendário de competições de fevereiro da equipe nacional e marca a estreia de Mayra Aguiar (78kg) no Circuito em 2020. Ela tentará defender, em Düsseldorf, seu título de 2019.  

Confira abaixo, as medalhas já conquistadas pelo Judô brasileiro em 2020: 

Grand Prix de Tel Aviv:  uma prata e quatro bronzes

Aberto de Odivelas: um ouro e um bronze

Aberto de Sófia: um ouro e um bronze

Grand Slam de Paris: dois bronzes

Aberto de Bratislava: três ouros e dois bronzes

Aberto de Oberwart: um ouro e uma prata 

Fechar Menu