Fonte (texto): Confederação Brasileira de Judô | Crédito: CBJ

 

Depois de um final de semana com quatro medalhas no Grand Prix de Havana, o Judô brasileiro parte para seus próximos desafios no Circuito Mundial, começando pelo Aberto Europeu Masculino de Sofia, na Bulgária, no final de semana. Em seguida, a seleção disputa o tradicional Grand Slam de Paris. 

Eduardo Bettoni (90kg), Luciano Corrêa (100kg) e David Moura (+100kg) serão os representantes brasileiros em Sofia e já embarcam nesta quarta-feira, 27, para a competição que acontecerá no final de semana.

Da Bulgária, os três seguem para a França, onde terão a companhia de Sarah Menezes (48kg), Rafaela Silva (57kg), Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Rochele Nunes (+78kg), Felipe Kitadai (60kg), Alex Pombo (73kg), Victor Penalber (81kg) e Rafael Silva (+100kg). As lutas acontecem nos dias 06 e 07 de fevereiro. 

Em 2015, o Brasil não participou do Aberto de Sofia e conquistou duas medalhas de prata em Paris com Rafael Buzacarini (100kg) e David Moura (+100kg).   

Aberto Europeu Sofia (30 a 31/01)

Atletas
Eduardo Bettoni (90kg)
Luciano Corrêa (100kg)
David Moura (+100kg)

Comissão Técnica:
Fulvio Miyata (técnico)
Glaucio Paredes (fisioterapeuta)

Grand Slam de Paris (6 a 7/02)

Atletas:
Sarah Menezes (48kg)
Rafaela Silva (57kg)
Mayra Aguiar (78kg)
Maria Suelen Altheman (+78kg)
Rochele Nunes (+78kg)
Felipe Kitadai (60kg)
Alex Pombo (73kg)
Victor Penalber (81kg)
Eduardo Bettoni (90kg)
Luciano Corrêa (100kg)
Rafael Silva (+100kg)
David Moura (+100kg)

Comissão Técnica
Ney Wilson (chefe de delegação)
Fulvio Miyata (técnico)
Rosicleia Campos (técnica)
Glaucio Paredes (fisioterapeuta)
Roberta Mattar (fisioterapeuta)
Roberta Lima (nutricionista)
Wagner Lyrio (analista de desempenho)
 

Fechar Menu