Grandes Mestres – Américas 2020: um case de sucesso que resgata a memória das artes marciais

Por Girliani Martins | Crédito: Bueno Editora

A resiliência e a capacidade de sempre se reinventar são algumas das principais características do livro Grandes Mestres. Em plena pandemia de coronavírus, o projeto resiste com o apoio de professores e mestres de artes marciais.

Do mesmo modo que aconteceu no ano passado, a edição de 2020 será especial Américas, isto significa que a produção englobará três idiomas: português, inglês e espanhol, além de contar com participantes do Brasil e de outros países.

Capa da nova edição do livro Grandes Mestres – Américas 2020.

O que torna a obra um case de sucesso é o fato de ser fonte de conhecimento sobre a história das modalidades e dos pioneiros, bem como ser “vitrine” para educadores marciais.

Por meio da publicação, professores e mestres podem contar suas trajetórias e alcançar visibilidade nacional e internacional. Em 2020, o livro celebra 12 anos de muita superação, dedicação e inovação.

Ao longo de mais de uma década, os leitores puderam prestigiar as biografias de pioneiros, como Bruce Lee (Jeet Kune Do), Jigoro Kano (Judô), Bodhidharma (Kung Fu), Choi Hong Hi (Taekwondo), Choi Yong Sool (Hapkido), Morihei Ueshiba (Aikido), Carlos Gracie, entre tantas outras lendas. 

Anualmente, a maioria das grandes federações de artes marciais indica representantes para registrarem o trabalho e inspirarem mais pessoas para o caminho das artes marciais.

O livro Grandes Mestres, criado pelo editor Fábio Bueno, é extremamente relevante para resgatar a memórias das artes marciais, bem como fortalecer o segmento e os seus profissionais no Brasil.

Detalhes do livro Grandes Mestres Américas – 2020.

Devido ao apoio de confederações, federações e educadores marciais, circulou em mais de 15 países, incluindo Japão, Coreia do Sul, China, Austrália, Tailândia, EUA, França, Argentina, Bolívia, Chile, Uruguai, entre outros.

O lançamento acontece há mais de quatro anos na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), reunindo participantes nacionais e internacionais, além de autoridades e personalidades da área.

Nas últimas edições, ícones como Woo Jae Lee, Park Sung Jae, Bill Wallace, Joe Corley, Masaru Yanagimore, Robson Maciel, entre muitos outros Grandes Mestres marcaram presença no evento e distribuíram muitos autógrafos.

Além da obra, os participantes têm a biografia disponibilizada no site exclusivo (Grandes Mestres). Após o lançamento oficial, muitos deles costumam realizar eventos em suas respectivas localidades, o que aumenta ainda mais o alcance do trabalho.

Saiba mais sobre a nova edição:

www.grandesmestresmarciais.com.br