Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: CBJ

 

O Judô brasileiro segue fazendo bonito em competições internacionais, independentemente de classe de idade. Depois das 17 medalhas conquistadas pela seleção principal no Grand Slam de Brasília no início dessa semana, quem está brilhando no tatame agora é a nossa equipe de veteranos, no Mundial da classe que começou na quinta-feira (10), no Marrocos.  

Só no primeiro dia, o Brasil foi ao pódio oito vezes. Destaque para os judocas Silvio Uehara (M6 66 kg) e Mauricio Neder (M6 81 kg), que se sagraram campeões mundiais.

Edvaldo Luiz conquistou a prata no M6 60 kg, enquanto outros cinco judocas ficaram com medalhas de bronze: Jose Newton Vargas (M6 66KG), Edson Santana (M6 100 kg), Antonio Marin (M6 +100 kg), Manoel Roberto Souza (M7 81kg) e Marcos Cachel (M9 +100 kg).  

O Campeonato Mundial de Veteranos é chancelado pela Federação Internacional de Judô e, neste ano, acontece na cidade de Marraquexe, no Marrocos, no período de 10 a 13 de outubro. A edição de 2019 conta com a participação de 1183 judocas de 41 países, entre os quais, 68 brasileiros (57 homens e 11 mulheres). 

RESULTADOS DIA 1

Ouro 

Silvio Uehara M6 66 kg

Mauricio Neder M6 81 kg

Prata

Edvaldo Luiz M8 60 kg

Broze

Josa Newton Vargas M6 66 kg

Edson Santana M6 100 kg

Antonio Marin M6 +100 kg

Manoel Roberto Souza M7 81 kg

Marcos Cachel M9 +100 kg 

Fechar Menu