Após treinos na Europa, Judô brasileiro estreia no Grand Prix de Tel Aviv nesta quinta-feira

Por Confederação Brasileira de Judô | Crédito: CBJ

O primeiro passo da seleção brasileira de Judô na temporada foi definido nesta quarta-feira (22), em Israel. A Federação Internacional realizou o sorteio das chaves do Grand Prix de Tel Aviv, primeira competição oficial do calendário da entidade em 2020, onde foram revelados os adversários dos brasileiros na fase inicial do campeonato.

O torneio acontece de quinta (23) até sábado (25) e conta com 22 judocas brasileiros em busca da medalha e dos 700 pontos (campeão) valiosos na corrida por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Seleção em Tel Aviv (ISR) para estreia em 2020 .

A preparação para Tel Aviv começou há três semanas, quando a Seleção Brasileira de Judô desembarcou na Europa para um período de treinamentos. Primeiro, em Mittersill, na Áustria, no treinamento de campo mais tradicional do início de temporada, com a presença de campeões olímpicos e mundiais. Em seguida, parte da delegação foi para Roma, na Itália, ajustar os últimos detalhes antes de chegar em Israel, para o Grand Prix.

“Este início de temporada é ainda mais importante para mim, que estou voltando de lesão, e ter estes treinamentos trazem um diferencial muito grande para este ano. É essencial que o corpo volte ao ritmo. Então, participar dos treinos é ótimo para trocar experiências, pegadas das adversárias, combinações de golpes, e espero transformar estes treinamentos em pódios”, avaliou a campeã olímpica Sarah Menezes (52 kg), que já lutará no primeiro dia e enfrentará, na estreia, a kosovar Erza Muminoviq, de apenas 17 anos e medalhista de bronze dos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires.

Programação

Na primeira competição do ano, nove brasileiros entram no tatame nesta quinta-feira, 23. No feminino, Gabriela Chibana (48 kg), Nathalia Brigida (48 kg), Sarah Menezes (52 kg), Eleudis Valentim (52 kg) e Ketelyn Nascimento (57 kg) buscam o lugar mais alto do pódio, enquanto Felipe Kitadai (60 kg), Eric Takabatake (60 kg), Willian Lima (66 kg) e Daniel Cargnin (66 kg) representam o país entre os homens.

No segundo dia, Ketleyn Quadros (63 kg), Alexia Castilhos (63 kg), Maria Portela (70 kg), Ellen Santana (70 kg), David Lima (73 kg), Eduardo Katsuhiro (73 kg), Eduardo Yudy (81 kg) e João Macedo (81 kg) começam a caminhada em Tel Aviv.

No terceiro e último dia de competição, Samanta Soares (78 kg), Rafael Macedo (90 kg), Giovani Ferreira (90 kg), Leonardo Gonçalves (100 kg) e Rafael Buzacarini (100 kg) vão ao tatame e fecham a participação brasileira no torneio.

Transmissão ao vivolive.ijf.org 

Horários

Quinta e sexta: Preliminares às 4h30 e finais às 12h.
Sábado: Preliminares às 5h e finais às 12h.

Confira abaixo as lutas iniciais dos judocas brasileiros no Grand Prix de Tel Aviv:

QUINTA-FEIRA, 23 DE JANEIRO

Gabriela Chibana (48 kg) x Francesca Milani (ITA)

Nathalia Brigida (48 kg) x Daria Pichkaleva (RUS)

Sarah Menezes (52 kg) x Erza Muminoviq (KOS)

Eleudis Valentim (52 kg) x Anastasia Polikarpova (RUS)

Ketelyn Nascimento (57 kg) x Pauline Starke (GER)

Felipe Kitadai (60 kg) x Matan Shani (ISR) ou Kemran Nurillaev (UZB)

Eric Takabatake (60 kg) x Yanislav Gerchev (BUL)

Willian Lima (66 kg) x Bogdan Iadov (UKR)

Daniel Cargnin (66 kg) x Jacob Valois (CAN) ou Tal Almog (ARG)

SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO

Ketleyn Quadros (63 kg) x Maria Centracchio (ITA) ou Agata Ozdoba-Blach (POL)

Alexia Castilhos (63 kg) x Sandrine Billiet (CPV)

Maria Portela (70kg) x Alina Lengweiler (SUI)

Ellen Santana (70 kg) x Hilde Jager (NED) ou Elvismar Rodriguez (VEN)

David Lima (73 kg) x Artem Khomula (UKR)

Eduardo Katsuhiro Barsosa (73 kg) x Anthony Zingg (GER)

Eduardo Yudy Santos (81 kg) x Aristos Michael (CYP)

João Macedo (81 kg) x Kalonji Mbuyi (COD)

SÁBADO, 25 DE JANEIRO

Samanta Soares (78 kg) x Aleksandra Babintseva (RUS)

Rafael Macedo (90 kg) x Francisco Balanta (COL) ou Theodoros Tselidis (GRE)

Giovani Ferreira (90 kg) x Matteo Marconcini (ITA) ou Itay Golan (ISR)

Leonardo Gonçalves (100 kg) x Lewis Medina (DOM) ou Saidzhalol Saidov (TJK)

Rafael Buzacarini (100 kg) x Jevgenijs Borodavko (LAT)