Mestre Daniel Lucena completa mais um ano de vida

Por Girliani Martins | Crédito: Divulgação

Hoje, 06 de maio, é um dia muito especial para o mestre Daniel Lucena. É a data de seu aniversário.

Carismático por onde passa, ficou conhecido no meio marcial por promover campeonatos de grande relevância, que ainda hoje servem de vitrine para atletas do Brasil inteiro, de distintas modalidades.

Daniel começou a carreira em Santa Isabel, local de seu nascimento, localizada no interior de São Paulo. É 7º thuan em Kung Fu, 6º dan em Kickboxing, 5º grau preto em Brazilian Jiu Jitsu e especialista em Massoterapia.

Em 1977, aprendeu Boxe com o irmão mais velho, Luiz Vieira de Lucena, o Duda. Depois, partiu para novas artes. Treinou com excelência Kung Fu, Kickboxing e Jiu Jitsu, tornando-se professor.

Venceu inúmeros campeonatos de Kung Fu, Full Contact, Light Contact e Jiu Jitsu. Por todos esses anos, manteve os princípios e soube transmiti-los aos alunos e amigos. Há cerca de sete anos seus eventos abertos batem recorde de participantes e recebem atletas de diversos países.

Em novembro de 1992, fundou a Associação Shaolin Internacional de Artes Marciais (ASIAM), que surgiu para apoiar os atletas. Como líder da ASIAM, já levou muitos deles para disputarem campeonatos nacionais e internacionais nas diversas modalidades. A união é refletida em medalhas e troféus.

Ao organizar o primeiro torneio internacional, com a participação de cinco países, estreitou laços e fez novos amigos. Assim como a ASIAM, a União Internacional de Artistas Marciais da América (UIAMA) tem um lugar cativo em sua vida. Nessa entidade, ele ocupa o segundo cargo principal. O propósito é unir vários estilos de artes marciais em uma só entidade, reconhecendo mestres e professores. Até o momento, existem 28 países filiados.

Com foco em qualidade de vida, bem-estar e inclusão social, atuou por vários anos como secretário de esportes de Santa Isabel.

Além disso, foi também diretor nacional da Confederação Brasileira de Kung Fu Shaolin (CBKFS), vice-presidente da Federação Paulista de Kickboxing (WAKO), filiado e árbitro da Confederação Brasileira de Jiu Jitsu (CBJJE), Confederação Brasileira de Jiu Jitsu Profissional, World Kickboxing League (WKL) e UIAMA/ UMA-World.

Parabéns, mestre!

Fechar Menu